Primeiro dia traiçoeiro para dupla da Repsol Honda

Sexta, 13 Junho 2014

O Grande Prémio Monster Energy da Catalunha teve início com os pilotos da Repsol Honda, Marc Márquez e Dani Pedrosa, a trabalharem arduamente para encontrarem a melhor afinação para a RC213V.

A sessão matinal de sexta-feira, com temperatura ambiente de 31ºC e de pista de 44ºC, viu Pedrosa terminar em sexto com uma marca de 1m42,664s e o líder do Campeonato do mundo Márquez a ficar-se apenas pelo sétimo posto com 1m42,742s.
 
Na FP2 a temperatura da pista subiu aos 55ºC e Márquez logrou melhorar em meio segundo com os pneus frontais de composto duro para terminar a sessão em terceiro, o que se traduziu na quarta marca do dia com 1m42,274s.
 
Já Pedrosa não conseguiu melhorar face à manhã, um tempo que tinha registado com os pneus frontal e traseiro macios. Ele terminou a sessão em décimo (1m43,078s) e em nono na tabela de tempos combinados.
 
Márquez comentou: “Apesar de não ter ficado no topo hoje, estou contente com a forma como correu este primeiro dia de treinos e fizemos bons progressos. Na primeira sessão senti algumas dificuldades, mas na segunda melhorámos e isso faz com que tenhamos uma ideia clara do rumo a seguir no sábado.”
 
Pedrosa, optimista, acrescentou: “As boas notícias são que consegui rodar melhor hoje que em Mugello. Espero que com mais algumas voltas me sinto ainda mais à vontade e que as coisas corram ainda melhor. Esta tarde testámos os discos maiores, que reagiram melhor e isso obriga a usar a maneta dos travões de forma um pouco diferente com os dedos, algo que a que me estou a acostumar. Também trabalhámos com o composto duro à frente e atrás e consegui usá-los durante toda a sessão da tarde.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™