Masbou assina primeira resultado no Top 5 em Assen

Quarta, 2 Julho 2014

Nas difíceis condições climatéricas de sábado passado em Assen Alexis Masbou terminou a corrida em quarto, quando os favoritos falharam. O gaulês somou bom conjunto de pontos para o campeonato e nesta entrevista comenta como viveu a emocionante corrida.

Os treinos foram complicados apesar de teres conseguido um lugar na segunda linha da grelha e depois a corrida foi muito atribulada. Como foi para ti o fim‑de‑semana de Assen?
Sem dúvidas, não foi um fim‑de‑semana fácil. A corrida em si não foi má. Em comparação com os resultados que temos conseguido desde o início da época, dos muitos pontos que perdemos em várias ocasiões, estou muito contente. Talvez pudesse ter feito melhor, mas também pela pressão que sentia por ainda não ter conseguido um Top 5 preferi garantir o resultado.”
 
Quando o Miguel Oliveira se destacou para assegurar a terceira posição foi-te impossível acompanhar o ritmo?
Creio que tinha potencial para seguir o Oliveira. No final da corrida creio que a se situação tivesse sido diferente, porque o meu pneu degradou-se mais depressa do que pensava. Mas sim, creio que o podia ter seguido. É sempre mais difícil manter um ritmo rápido quando rodas em grupo; pelo menos conseguimos passar um piloto por volta. Quando alguém marca o ritmo na frente os que o seguem podem recuperar terreno facilmente com os cones de ar, mas também se pode perder muito tempo se se cometerem erros.”
 
Depois dos nulos dos favoritos, achas que o Campeonato ficou em aberto para ti?
Julgo que temos de abandonar a ideia de ganhar o Campeonato. É uma pressão adicional a troco de nada. O importante é rodar rápido e ganhar corridas, ou fazer pódios. Em algumas provas, quem sabe, talvez possa dizer que estamos suficientemente competitivos e esperar algo. Mas o que queremos e o que preciso são apenas resultados: subir ao pódio para tranquilizar todos e ter um pouco mais de serenidade na box para poder encadear esses resultados importantes.”
 
Dentro de dez dias vais estar a competir no Grande Prémio da Alemanha, em Sachsenring, onde conseguiste o teu primeiro pódio em 2012. É um circuito de que gostas em particular?

“Na realidade, é a pista mais difícil da temporada para mim. Vou para lá com o objectivo de limitar danos já que tive sempre muitas dificuldades nesse circuito. Continua a ser um traçado que não é fácil de interpretar para mim e que não é favorável ao meu estilo de pilotagem. Mesmo assim, consegui um pódio lá, pelo que também guardo boas recordações, mas temos de somar muitos pontos e continuar a nossa dinâmica.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™