Dovizioso leva Ducati ao segundo posto

ducati team review FP Austin
Sexta, 11 Abril 2014

O primeiro dia do Red Bull Grande Prémio das Américas terminou com os pilotos da Ducati Team a apresentarem resultados diferentes, com Andrea Dovizioso a melhorar face à manhã e Cal Crutchlow a perder ritmo.

A sessão da manhã viu os dois pilotos terminarem muito próximos, com Dovi na quarta posição e Crutchlow em sétimo, contudo, durante a tarde o desfecho foi diferente.
 
Enquanto o italiano conseguiu melhorias significativas com o pneu macio, o britânico deparou-se com problema que o fez terminar em nono, sete furo atrás do colega de equipa, ainda assim, ambos sentiram dificuldades técnicas.
 
“O nível é muito elevado, pelo que é difícil para todos,” começou por adiantar Dovizioso. “Também tivemos um problema e lutei muito, mas estou bem nesta pista. Consigo compreender bem a linha, o que é importante porque ninguém tem muita experiência aqui. No final fizemos o tempo com o pneu macio, temos de tentar estar sempre nos dez primeiros para a qualificação. Mas tirando isso, com o pneu duro também estamos muito perto da frente. Sabemos que a corrida, com 21 voltas, vai ser dura, mas o objectivo é estarmos o mais perto possível da frente.”
 
Já para Crutchlow, o contratempo podia ter tido resultados piores. “Tivemos um problema electrónico, não sei o que foi,” começou por dizer Crutchlow. “Foi muito perigoso, falhou algo na moto quando estava na recta e a moto parou logo. Normalmente quando acontece alguma coisa a moto dá sinal, ou começar a abrandar, mas parou por completo. Foi mesmo perigoso, se estivesse alguém atrás de mim acho que teria sido um problema.”
 
“A peça que se partiu é usada em helicópteros, acho que ao partir-se na minha moto foi menos sério do que se tivesse sido num helicóptero,” brincou o britânico. “A moto tem muitos sistemas electrónicos, temos que a tornar mais simples. Além disso, continuamos com problemas a afinar a moto, principalmente com as temperaturas que estamos a ter aqui. Sabemos que temos de melhorar nessa área, mas também segui o caminho errado com a afinação esta tarde. Não eu, o meu lado da garagem, e o Dovizioso parece ter estado melhor nessa matéria. É o resultado da minha inexperiência com a Ducati.”

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™