Compra de bilhetes
VideoPass purchase

McWilliams melhora relação com a Aprilia

McWilliams melhora relação com a Aprilia

Jeremy McWilliams reconheceu que a tortuosa estreia na Aprilia RS Cube transformou-se num exercício profícuo e com progressos no segundo e último dia de testes da equipa oficial, no sábado, em Valência. O piloto britânico teve algumas dificuldades para dominar a potência do três cilindros a quatro tempos na sexta-feira, mas sentiu-se bem mais à vontade hoje, enquanto o companheiro de equipa, Shane Byrne estabeleceu, de novo, o melhor tempo. O campeão britânico de Superbike vai já no seu segundo teste com a Aprilia, já que McWilliams apenas ontem se tinha estreado, e estabeleceu o melhor tempo de 135.7, a menos de dois segundos do tempo de Colin Edwards na mesma mota no último GP de 2003, em Novembro.

Hoje consegui uma relação com a mota que ontem pura e simplesmente não existiu, comentou McWilliams, que ficou a meio de segundo do tempo de Byrne. Tenho que admitir que ontem tive dificuldades e até me perguntei onde é que me tinha metido, mas alteramos a cartografia da mota por completo esta manhã e tudo ficou melhor. Agora já consigo chegar as curvas com as duas rodas no chão e sem a sensação de poder cair. Estou a apenas um segundo do que fiz aqui com o Proton mas não é esse o nosso objectivo por enquanto, antes estar à vontade na mota. Relativamente a isso, estou bem mais satisfeito hoje, a mota está bem mais dócil e já não parece ter uma mente própria... o que aconteceu ontem. É, de facto, a mota com mais potência que pilotei até hoje e isso exigiu-me alguma habituação, mas estou optimista quanto ao trabalho desenvolvido bem como quanto ao potencial da mota.

Tempos oficiosos por volta

Shane Byrne 135.7 (53 voltas)
Jeremy McWilliams 136.2 (47 voltas)
Marcellino Lucchi - 136.3 (60 voltas)

Tags:
MotoGP, 2003

Outras actualizações que o podem interessar ›