Compra de bilhetes
VideoPass purchase

JordiCarchano pronto para a temporada de estreia no Campeonato do Mundo

JordiCarchano pronto para  a temporada de estreia no Campeonato do Mundo

JordiCarchano pronto para a temporada de estreia no Campeonato do Mundo

Jordi Carchano é o mais recente adolescente espanhol a ingressar no Campeonato do Mundo de 125cc. O jovem catalão de 19 anos é um dos mais bem cotados no Campeonato Espanhol CEV, mesmo assim não deixa de considerar a passagem para o Campeonato do Mundo como um passo muito importante neste ano de estreia. O piloto contará com os ensinamentos do Director de Equipa Massimo Matteoni e fará equipa com o experiente italiano Mirko Giansanti.

"Estou consciente que no panorama dos Grandes Prémios tudo será novo para mim e que ainda tenho uma longa caminhada pela frente, ainda assim estou muito entusiasmado com este novo passo na minha carreira e estou determinado a aprender o máximo possível e progredir rapidamente," afirmou o jovem. "É tudo novo e altamente profissional, mas eu aceitei o desafio. Comecei a correr apenas há três anos e não passei por nenhuma categoria de promoção. Creio que a minha progressão ao longo deste tempo foi boa, isto tendo em conta que comecei mais tarde que todos os outros e porque tudo o que consegui foi à custa de muito trabalho e motivação".

"É claro que todos sabem como se trabalha com o Matteoni", prossegue Carchano, que correu para o italiano nas duas últimas rondas do CEV da época 2003. "Ele é um grande técnico que já ganhou vários títulos e que tem contribuído para o desenvolvimento de vários pilotos. Não há dúvidas quanto ao seu passado ou ao seu presente – é exigente no trabalho, mas também o é com ele próprio. Sinto-me muito bem por estar a trabalhar com ele e com toda a sua equipa. Também já consegui criar bons laços de amizade com o Mirko Giansanti e creio que posso aprender muito com ele".

Olhando para a sua última temporada no CEV, uma competição que já contribuiu para a ascensão de vários pilotos aos Grandes Prémios, Carchano tece os seguintes comentários: "Terminei em quinto da geral. Não fossem os problemas mecânicos na primeira corrida, quedas em Jarama quando lutava pelo pódio e em Albacete quando fui tocado por um retardatário e podia ter terminado melhor classificado. Contudo, não me posso queixar, pois ganhei bastante experiência e tive ainda a oportunidade de efectuar as duas derradeiras corridas da época numa Aprilia da Metteoni com a possibilidade de alinhar na equipa em 2004. Mesmo tendo passado de uma Honda para uma Aprilia ainda consegui um quarto lugar na última corrida de Jerez, pelo que só posso estar satisfeito com a forma como tudo tem corrido até ao momento".

Tags:
125cc, 2003

Outras actualizações que o podem interessar ›