Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Sentimentos contrastantes na Yamaha após os primeiros testes

Sentimentos contrastantes na Yamaha após os primeiros testes

Sentimentos contrastantes na Yamaha após os primeiros testes

Declarações da boxe da Yamaha após o último dia em Phillip Island:

Valentino Rossi: "Estou bastante satisfeito. Este teste correu muito bem. Já melhorámos bastante desde que começámos a testar. Ainda necessito de mais potência e é difícil de pilotar no momento porque tenho que forçar muito mais. Hoje fiz mais de 25 voltas consecutivas e a mota já parece estar em condições quando os pneus começam a ficar gastos, o que é muito importante de saber. Num mundo ideal teria mais cavalagem no próximo teste aqui, daqui a duas semanas! A Yamaha tem trabalhado muito e tão depressa que estou certo que poderemos continuar nesta senda."

Jeremy Burgess (Chefe de equipa de Rossi): "Apenas necessitamos de um pouco mais de motor, algo em que a Yamaha já está a trabalhar. As especificações do motor ainda são muito novas para nós, mas testámos tudo aquilo que queríamos. A Yamaha está no caminho certo e parece contente. Este circuito exige muitos cavalos de potência mas a fiabilidade da mota é boa. Temos estado a desenvolver novos pneus com a Michelin nestes três dias. Esperamos agora pelos próximos testes aqui e também para testar a mota em pistas como Barcelona, já próximo da primeira corrida."

Carlos Checa: "Não melhorámos muito hoje. Temos experimentado diferentes afinações mas não conseguimos encontrar o melhor caminho para melhorar o tempo. Algo que, obviamente, necessitamos de conseguir. Penso que algo nos está a escapar. Provavelmente fizemos muitas alterações. Algo que temos de remediar da próxima vez. Teremos de melhorar em pelo menos meio segundo para estar mais próximo dos demais. Esse será o objectivo a atingir no próximo teste."

Marco Melandri: "Tentei fazer uma simulação de corrida esta manhã de cerca de 15 voltas mas tive um pequeno problema com a roda traseira e tive de parar. Estive muito melhor durante estes três dias do que em Sepang. O meu ombro está a melhorar diariamente. Trabalhei bastante aqui em Phillip Island. Terei de ter especial atenção ao meu programa de treino quando regressar a Itália para assegurar que estarei em perfeitas condições quando começarmos o campeonato. Nunca obtivemos grandes resultados nos testes de Sepang mesmo depois de seis dias, daí que é reconfortante que o sentimento tenha sido sempre muito bom aqui desde o início. Estamos a utilizar pneus frontais de 16.5 polegadas e concluímos o trabalho com a Magneti Marelli no sistema de travagem do motor. Este foi um teste muito positivo para mim mas agora necessito de um pouco de descanso!"

Norick Abe: "Estou de certa forma surpreso que não tenha sido muito bom para mim aqui! Normalmente consigo efectuar tempos razoáveis em treinos mas falhei aqui, embora não hoje. Em 2002 rodei aqui com a M1 e tive uma queda na curva um. Foi realmente assustador quando caí a 200Km/h e penso que talvez tenha sido por isso que não estivesse confiante aqui. Os meus tempos por volta não foram de facto bons. De todas as formas ainda temos mais três dias de treinos aqui da próxima vez e aí sim preciso de estabelecer bons tempos. Fizemos bastantes alterações. Talvez tenham sido demais!".

Tags:
MotoGP, 2003

Outras actualizações que o podem interessar ›