Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Xaus já prova que possui o que é preciso

Xaus já prova que possui o que é preciso

Xaus já prova que possui o que é preciso

Se pudesse haver ainda dúvidas em relação ao talento do vice-campeão de Superbikes do ano passado, os recentes testes efectuados na Catalunha e Jerez silenciariam todas as críticas, já que Rubem Xaus provou que se está a adaptar rapidamente à dureza do MotoGP. Com o sétimo tempo mais rápido nos 40 minutos de testes oficiais e finalizando o dia em oitavo, a menos de meio segundo do tempo estabelecido por Valentino Rossi, é facilmente esquecido o facto do espanhol não ter corrido no último dia e cerca de metade do seu último dia de treinos em Phillip Island, depois de ter sofrido um brutal acidente e ter sido transportado para o hospital.

Xaus lamentou o tempo perdido com a chuva a afectar os testes da Catalunha e Jerez. "É uma pena que o tempo tenha adiado os procedimentos. Precisamos que as condições atmosféricas estejam favoráveis, já que há ainda muito trabalho a fazer. Seguramente o tempo estará melhor quando iniciarmos os Grandes Prémios, embora todos estejamos a sofrer do mesmo mal."

Contudo, Xaus provou no seu segundo dia em Jerez que ainda que em condições de chuva o seu estilo agressivo pagará dividendos na classe, ao estabelecer o segundo tempo mais rápido do dia com 01m54.907s. "Decidi rodar para ter indicações em relação ao comportamento da moto em chuva. Senti-me bem e testei quer os pneus de 16,5'' como os de 17'', embora depois tenha começado a chover mais intensamente."

Sem dúvida que o seu estilo e a forma como força a moto ao limite quererá dizer que ele poderá trazer preciosas informações para a Michelin – em especial se continuar a forçar com os pneus de 16.5 polegadas. Depois de ter estabelecido o tempo mais rápido na sessão da manhã no molhado, Xaus admitiu que será a vez da empresa francesa lhe ficar a dever uma. "Entrei novamente em pista depois da Michelin ter dito que queria que eu testasse novos pneus e, embora as condições estivesses piores, tentei trazer-lhes a informação que queriam. A certa altura a moto entrou em aquaplaning e tive um acidente. Faz falta testar nestas condições mas não nos esqueçamos que a pré-temporada acabou e que dentro de dez dias teremos de ir para a África do Sul".

Depois dos altos e baixos da pré-temporada, Xaus está certo que será um piloto a ter em conta quando a época tiver início.

Tags:
MotoGP, 2004

Outras actualizações que o podem interessar ›