Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Yamaha à espara de nova era com Rossi

Yamaha à espara de nova era com Rossi

Yamaha à espara de nova era com Rossi

O Campenato do Mundo de MotoGP de 2004 promete trazer à Yamaha uma nova era. A marca japonesa prepara-se para a primeira ronda da temporada na África do Sul com um optimismo invulgar depois de ter ganho a vantagem psicológica sobre os rivais com os resultados obtidos em Jerez, há apenas duas semanas.

Com Valentino Rossi a prepara-se para a primeira temporada com a equipa de fábrica depois de deixar a Honda, o espírito positivo tem sido forte. Os tempos realizados em Jerez e na Catalunha e a YZR-M1 a mostrar, finalmente, o seu potencial sob a direcção técnica de Masao Furusawa e do Chefe de Mecânicos de Rossi, Jeremy Burgess, são mais que motivo para tal optimismo.

A recentemente baptizada Gauloises Fortuna Yamaha Team foi apresentada ao mundo à sombra da fortaleza de Montejuic, em Barcelona, onde o patrão da equipa David Brivio afirmou que a equipa está pronta para atacar a pista.

"Estou satisfeito por finalmente começar a correr!" disse Brivio, um dos principais responsáveis pela vinda de Rossi para a marca dos três diapasões. "Estamos todos curiosos para ver o quão competitivos vamos ser. O Inverno pareceu ser o mais longo de todos com tantos testes que realizamos, pelo que vai ser muito bom voltar a correr."

"Vai ser ainda mais especial porque estamos envolvidos com este novo desafio que o Rossi resolveu aceitar ao vir para a Yamaha. Estamos apostados em dar-lhe todo o apoio que ele precisa. Estamos no início de um contrato de dois anos, pelo que ainda temos muito tempo para desenvolver a moto e crescer ainda mais."

Brivio credita que Rossi e o seu companheiro de equipa Carlos Checa vão estar à altura do desefio da primeira corrida da temporada, mas escusa-se a fazer previsões. "No últimos testes em Espanha tivemos condições climatéricas muito estranhas e difíceis, mesmo assim, mostrámos bom potencial com a moto. Queremos dar o nosso melhor, mas não vamos fazer previsões agora!" sorriu

"O que posso dizer é que a Yamaha tem estado muito ocupada nos últimos meses a redesenhar muitas partes do chassis e a rever o motor. O Valentino parece muito satisfeito com a moto e isso deixa-me tranquilo, já que é bom sinal ver até onde os nossos motores conseguiram chegar. Temos ainda de ver qual o comportamento da moto em condições de corrida nas últimas voltas da prova."

Brivio também explicou qual a táctica para Welkom. "O Valentino testou quatro chassis e quatro especificações diferentes de motor durante o Inverno. Já escolheu o conjunto final de corrida, que também foi dado ao Carlos nos recentes testes de Barcelona, e parece ser a combinação certa para utilizar em Welkom."

"O Carlos também teve um papel importante no desenvolvimento da moto, já que foi ele o responsável pelo trabalho no chassis. Nos testes da IRTA vimos que ele tem tudo para estar entre os primeiros. Esperamos vê-lo a ele e ao Rossi nos lugares de topo de Welkom para a frente. Estamos motivados, excitados, prontos para correr!"

Tags:
MotoGP, 2004, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›