Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Valentino Rossi: Continua a ver do que é capaz

Valentino Rossi: Continua a ver do que é capaz

Valentino Rossi: Continua a ver do que é capaz

Depois da demonstração de força da Yamaha dada por Valentino Rossi nos últimos testes de pré-temporada na Catalunha e Jerez, onde registou o tempo mais rápido, uma série de questões estão a ser postas no que toca ao que esta combinação de piloto/máquina é capaz de fazer na primeira corrida do ano de MotoGP, a ter lugar este fim-de-semana, no Grande Prémio betandwin.com da África do Sul.

Rossi e a Yamaha iniciam um novo capítulo da sua história no MotoGP esta sexta-feira à tarde. O seu impacto e legado em anos recentes levantam dados curiosos.

Se Rossi triunfar este fim-de-semana será o primeiro piloto a dominar a classe rainha do motociclismo com dois construtores diferentes. Uma vitória em Welkom faria com que fosse o primeiro piloto da classe, desde Barry Sheene (1976, 77, 78 & 79), a garantir a vitória na corrida inaugural da época em quatro temporadas consecutivas.

Os 25 pontos para a Yamaha representariam também a sua primeira vitória na classe rainha desde que Max Biaggi triunfou na Malásia em 2002. Este período de 18 meses de abstinência de vitórias é o segundo hiato mais longo sem triunfos alguma vez registado pela Yamaha desde que entraram para a classe com máquinas de fábrica em 1973. O mais longo período até então havia sido de 22 corridas sem vencer nas temporadas de 1997/98, a qual culminou com uma vitória de Simon Crafar em Donington.

No que toca à acumulação consecutiva de troféus, o registo do italiano é impressionante. A vitória de Rossi na última corrida do ano passado em Valência fica para a história como a sua 22ª corrida consecutiva em que terminou no pódio. Esta série de pódios consecutivos iguala o recorde de Giacomo Agostini em três temporadas na década de 60 aos comandos de uma MV-Agusta. A última corrida em que Rossi não foi ao pódio aconteceu quando foi obrigado a abandonar com problemas de pneus no Grande Prémio da República Checa em Brno em 2002, o qual acabou com uma sequência de 13 pódios consecutivos. Logo atrás de Rossi, estão Mick Doohan, com 17 (1994-95), Wayne Rainey, com 15 (1989-90) e outra vez Doohan com 14 pódios em 1997.

A vitória de Rossi no ano passado em Valência foi a sua 54ª corrida em que acabou no pódio da classe rainha. Um registo que o coloca no quinto lugar (em igualdade pontual com Randy Mamola)) entre os pilotos com mais corridas terminadas entre os três primeiros lugares. À sua frente estão Mick Doohan (95), Giacomo Agostini (88), Eddie Lawson (31) e Wayne Rainey (64).

Tags:
MotoGP, 2004, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›