Compra de bilhetes
VideoPass purchase

West não se queixa da manobra de Nieto

West não se queixa da manobra de Nieto

West não se queixa da manobra de Nieto

Anthony West considera que a manobra de que foi alvo por parte de Fonsi Nieto no domingo passado em Jerez foi desonesta, mas admite que teria feito o mesmo caso estivesse no lugar do espanhol. West e Nieto degladiaram-se durante a segunda parte da corrida de forma algo perigosa e com o asfalto andaluz bastante escorregadio. Ainda assim, o piloto da casa acabou por levar a melhor na última volta, repetindo a difícil ultrapassagem que tinha efectuado duas voltas antes na curva com o nome do seu tio Angel Nieto.

"Foi muito idêntica à que ele tinha feito momentos antes," disse West em relação ao incidente. "Ao entrar na curva Nieto ele tocou-me por dentro e empurrou-me quase para fora da pista. Foi uma manobra suja, mas não me estou a queixar, eu teria feito o mesmo no lugar dele."

"Tentei proteger a minha trajectória, mas ele surgiu por dentro e sem travar... são coisas de corrida. Só estou desapontado por não estar no pódio."

West, que venceu a última corrida molhada de 250cc em Assen na temporada passada e que terminou no pódio em Jerez há um ano, acrescentou: "Creio que podia ter ganho a corrida, apenas tive um mau arranque e estavam todos um pouco descontrolados."

"Não tinha aderência na traseira – a afinação na traseira da moto não era a melhor e estive perto de cair algumas vezes durante a corrida, mas consegui aguentar a moto e acabei apanhar o Nieto... só não consegui ganhar-lhe vantagem."

"A pista estava imprevisível porque no sábado, durante os treinos molhados, a aderência estava boa, mas durante a corrida foi totalmente diferente e nunca sabia se a traseira me ia fugir ou não. Creio que até tive sorte, houve muitos pilotos que caíram. Mas devia ter ficado na frente."

Tags:
250cc, 2004, GRAN PREMIO MARLBORO DE ESPAÑA, Anthony West, Pablo Nieto

Outras actualizações que o podem interessar ›