Compra de bilhetes
VideoPass purchase

MotoGP espera contra com Sol no Grande Prémio Polini de França

MotoGP espera contra com Sol no Grande Prémio Polini de França

MotoGP espera contra com Sol no Grande Prémio Polini de França

O Campeonato do Mundo de MotoGP ruma a Norte através da Europa com destino ao circuito francês de Le Mans para a quarta ronda da temporada de 2004, esperando encontrar pela frente boas condições climatéricas ao contrário do que aconteceu há 15 dias em Jerez.

O Grande Prémio Polini de França tem sido marcado nas duas últimas temporadas por forte chuva, contudo, este fim-de-semana as previsões anunciam céu pouco nublado, o que deixa antever mais uma jornada de condições climatéricas incertas na região do Loire.

Os 4,180 km do circuito Bugatti foram totalmente re-asfaltados para receberem mais uma batalha pela superioridade na categoria rainha do motociclismo, onde Sete Gibernau se apresenta como o líder depois da estrondosa vitória em casa numa corrida efectuada sob forte chuva em Jerez.

Gibernau, que venceu a corrida de Le Mans do ano passado a caminho do vice-campeonato, é o primeiro piloto a destronar Valentino Rossi do topo da classificação de MotoGP desde o início de 2001, contando com uma vantagem de três pontos sobre o Campeão do Mundo em título, que está em terceiro.

À frente do seu grande rival, e a apenas um ponto da liderança, está Max Biaggi que conta já com dois segundos lugares consecutivos obtidos em condições bastante contrastantes em Welkom e Jerez, confirmando, assim, os seus créditos.

Biaggi é actualmente o único piloto de MotoGP a ter vencido em Le Mans com piso seco desde que a competição regressou ao mítico traçado gaulês há cinco anos. Um facto que o deixa confiante, principalmente depois de ter entrado para o restrito grupo de apenas cinco pilotos a contarem com 100 pódios em Grandes Prémios.

Mais atrás, surge Kenny Roberts. Preparado para o 120º Grande Prémio da carreira, o norte-americano espera começar a dar forma a um novo recorde de resultados para a Suzuki no circuito francês. Isto porque o último dos quatro triunfos da marca nipónica em Le Mans data já de 1991, na altura com Kevin Schwantz.

Roberts chega a Le Mans altamente motivado pelos testes levados a cabo com a versão radicalmente alterada do motor da GSV-R, utilizado pela primeira vez nos concorridos testes de MotoGP da semana passada, em Jerez.

A Ducati, que também esteve presente no traçado espanhol durante dois dias logo após o Grande Prémio, é outra das equipas a reclamar melhorias com a sua máquina, a Desmosedici GP4.

Loris Capirossi e Troy Bayliss estão em 8º e 18º, respectivamente. Um resultado fraco comparado com os 7º e 4º postos ocupados no ano passado por esta altura, mas esperam apresentar melhorias com piso seco, principalmente no que respeita à distribuição de peso e gestão do motor.

A Proton Team KR foi uma das três equipas a não marcar presença em Jerez – Aprilia e WCM perfizeram o trio –, mas anunciou importante alterações ao protótipo V5 de 4 Tempos para a celebração do seu aniversário este fim-de-semana.

A moto fez a primeira curva em Le Mans há um ano, isto depois de um primeiro pequeno teste num campo de aviação. Desde essa altura a equipa tem vindo a aperfeiçoar o sistema de escape, utilizando tecnologia aeroespacial, e melhorado a carenagem da moto, cuja nova versão será estreada neste Grande Prémio por Nobuatsu Aoki e Kurtis Roberts.

Tags:
MotoGP, 2004, GRAND PRIX POLINI DE FRANCE

Outras actualizações que o podem interessar ›