Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Gibernau dilata vantagem com triunfo em Le Mans

Gibernau dilata vantagem com triunfo em Le Mans

Gibernau dilata vantagem com triunfo em Le Mans

Sete Gibernau aumentou a vantagem na liderança do Campeonato do Mundo de MotoGP para dez pontos face a Max Biaggi. Um dilatar que se deveu ao triunfo do espanhol no Grande Prémio Polini de França, o segundo consecutivo da temporada. Gibernau, que largou da pole position com a sua Honda, perseguiu a Yamaha de Carlos Checa durante a primeira parte da corrida para reclamar o primeiro posto na 12ª volta e estabelecer uma vantagem de 1,671 segundos sobre o seu compatriota. Uma vez em segundo, Checa teve de fazer face aos ataques de Max Biaggi para garantir o primeiro pódio desde 2002. O italiano, já perto do final, teve de se defender de Valentino Rossi para assim garantir o terceiro posto.

Enquanto isso, Rossi, que até Jerez contava com 23 pódios ininterruptos, viu-se, pela segunda vez consecutiva, arredado das três primeiras posições graças a uma excelente corrida por parte do seu rival da Honda Max Biaggi, que respondeu à pressão com um tempo canhão na penúltima volta ao circuito de Le Mans e que acabou por se tornar no novo recorde do traçado gaulês. Um andamento tão forte que quase retirava Checa do segundo lugar, não fossem os retardatários a dificultarem-lhe o ataque nas últimas curvas.

Já Colin Edwards, que havia reclamado a pole provisória, terminou a uns desapontantes 15,755 segundos do seu companheiro de equipa Gibernau. O britânico ainda recuperou algumas posições na segunda parte da prova, mas não conseguiu ir além do quinto posto à frente do jovem Marco Melandri da Yamaha. Alex Barros deparou-se com mais um fim-de-semana difícil terminando em sétimo. Ainda assim, o brasileiro teve a vida um pouco mais facilitada que o seu companheiro de equipa Nicky Hayden que teve de lutar muito para terminar em 11º atrás da dupla da Ducati Troy Bayliss e Loris Capirossi e da Honda de Makoto Tamada.

Mais atrás ficou Jeremy McWilliams que somou o primeiro ponto de MotoGP para a Aprilia, enquanto o estreante Kurtis Roberts ficou três posições atrás do seu irmão Kenny numa prova em que a Proton KR V5 celebrou um ano de vida com a conquista dos primeiros pontos na categoria rainha.

Tags:
MotoGP, 2004, GRAND PRIX POLINI DE FRANCE, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›