Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Sylvain Guintoli não desiste

Sylvain Guintoli não desiste

Sylvain Guintoli não desiste

Depois de Randy De Puniet ter passado da Campetella Racing para uma formação oficial da Aprilia e estar agora a lidera a tabela do Campeonato do Mundo de 250cc, Sylvain Guintoli deu início a esta temporada de 2004 com a expectativa de repetir o feito e passar de uma equipa semi-oficial para uma de fábrica no próximo ano.

Contudo, as coisas não têm corrido como o planeado para Guintoli que até agora apenas conquistou um ponto em três corridas e numa temporada em que quer melhorar o 10º lugar em que terminou o seu último campeonato.

"Um ponto em três corridas afecta-nos a confiança," admite o jovem francês que regressou à competição a tempo inteiro após um ano como piloto de testes para a Tech 3 MotoGP.

"Quando cheguei à primeira corrida da época disse para comigo mesmo para não me preocupar, que tinha terminado a temporada de 2003 bem classificado e que seria capaz de o fazer. Para ser franco, as coisas ainda não funcionaram."

"Não conseguimos encontrar o rumo certo com a moto – não conseguimos encontrar potência e perco aceleração muito cedo. Quero estar na frente a lutar pela vitória. Agora mais que nunca, porque é muito, muito difícil."

"No ano passado, com motos privadas, fomos capazes de lutar pelas primeiras posições e chegar ao pódio... Isso fez-me sonhar. Foi das coisas de que mais gostei."

"Estive lá em Assen, estive muito perto em Sachsenring, Rio e Valência... sinto falta desses tempos porque corria para ganhar."

"Há duas saídas. A primeira é conformar-me com o que tenho e sentir pena de mim próprio, o que não é nada bom. Não há nada de positivo em relação a esta atitude, apesar de ser fácil pensar assim."

"Por isso decidi que vou lutar. Se a minha moto não estiver suficientemente boa apenas vou ter de travar mais forte, rodar mais rápido em curva, trabalhar afincadamente com a minha equipa e tirar o máximo partido de qualquer hipótese que tenha de rodar entre os pilotos de fábrica."

"Não é altura para desistir. Foi um arranque de temporada difícil, mas ainda há um longo caminho pela frente."

Tags:
250cc, 2004, Sylvain Guintoli

Outras actualizações que o podem interessar ›