Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Porto culpa moto pela queda

Porto culpa moto pela queda

Porto culpa moto pela queda

Sebastian Porto culpou a sua Aprilia de fábrica pela sua espectacular queda nos treinos livres da manhã de 250cc com vista ao Grande Prémio Cinzano de Itália, dizendo que estava na dúvida quanto à verdadeira causa da queda mas assegurando que não se deveu a ele. Porto escapou praticamente ileso, apesar de ter sofrido um forte embate nas costelas, o que acabou por o impossibilitar de melhorar a pole provisória durante a tarde.

"Foi um dia difícil porque tinha sofrido um acidente forte ao entrar na recta esta manhã," disse Porto, que, apesar de tudo, arranca da pole amanhã.

"Não sei como se passou, mas algo correu mal com o moto e isso fez-me voar. Estou com bastantes dores porque bati forte com as costelas e tenho o corpo todo negro."

"À tarde dei algumas voltas e senti-me bem. Estou satisfeito porque a moto funcionou bem durante toda a tarde e espero estar fisicamente bem para a corrida de amanhã."

"Este é um bom circuito para nós e o melhor para a Aprilia. O meu objectivo é ganhar a corrida, mas temos de esperar para ver o que acontece."

Tags:
250cc, 2004, GRAN PREMIO CINZANO D'ITALIA

Outras actualizações que o podem interessar ›