Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Nakano escapa incólume a acidente a alta velocidade

Nakano escapa incólume a acidente a alta velocidade

Nakano escapa incólume a acidente a alta velocidade

Shinya Nakano teve sorte ao não sofrer lesões graves quando o pneu traseiro Bridgestone da sua Kawasaki rebentou a mais de 320 km/h na 13ª volta do Gran Premio Cinzano dItalia e o piloto foi projectado de encontro à barreira de protecção. Depois de ser submetido a tratamento no centro médico foi confirmado que o piloto sofreu unicamente algumas contusões, escoriações no ombro esquerdo e no pulso, tendo igualmente magoado um dedo da mão direita.

A antiga estrela de 250cc, que se havia qualificado um segundo mais rápido na Ninja ZX-RR do que no ano passado aosn comandos de uma Yamaha M1, admitiu ter tido muita sorte ao escapar ileso, mas afirmou que planeia correr na Catalunha já no próximo fim-de-semana.

Foi um acidente muito violento mas sinto-me bem comentou Nakano, cujos pais tinham viajado especialmente do Japão para verem a corrida. Não sei se tive realmente pouca ou muita sorte! O meu corpo está todo dorido mas não tenho qualquer lesão mais séria.

Realmente não sei o que se passou - senti a traseira vibrar e alguma coisa quebrou. Lembrou-me perfeitamente do acidente cai no asfalto violentamente e ao escorregar pela recta, soube que era uma queda feia e à medida que me aproximava do muro ia ficando cada vez mais preocupado.

Quando os comissários me colocaram na maca eu tentei mostrar a todas as pessoas que estava bem porque sabia que teria muita gente preocupada comigo. Felizmente não me magoei muito e estou ansioso de colocar esta situação para trás das costas já na próxima corrida.

Entretanto, o director desportivo da equipa - Harald Eckl explicou que ainda não tem certezas quanto à razão exacta da explosão do pneu. Eu vi o acidente no muro das boxes e depois de ter visto as piruetas da moto na pista, estou espantado como é que o Shinya sobreviveu a este acidente, comentou o alemão.

Até ao momento não sabemos qual foi a causa do acidente, mas amanhã enviaremos o pneu para a Bridgestone no Japão e estou confiante que teremos uma explicação antes da próxima corrida na Catalunha.

Tags:
MotoGP, 2004, GRAN PREMIO CINZANO D'ITALIA, Shinya Nakano

Outras actualizações que o podem interessar ›