Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bridgestone promete resposta rápida

Bridgestone promete resposta rápida

Bridgestone promete resposta rápida

A Bridgestone, um dos fabricantes de pneus para MotoGP, prometeu uma investigação minuciosa às deficiências da borracha que levaram ao horrível acidente de Shinya Nakano em Mugello no passado domingo e que resultou ainda na desistência de Makoto Tamada numa altura em que lutava pelo triunfo. Hiroshi Yamada, responsável pelo departamento de duas rodas da Bridgestone Motorsport, descreveu o incidente como "uma amarga experiência para todos", principalmente depois de resultados tão positivos apresentados pelos pilotos e pneus durante a qualificação.

"Temos muita pena do Shinya, que sofreu um terrível acidente na parte mais rápida da pista, e do Makoto, que perdeu um lugar no pódio," comentou Yamada. "A nossa consolação é que nenhum deles ficou ferido."

"Problemas como este são muito raros e estávamos convencidos que tínhamos as exigências desta pista rápida totalmente controladas depois dos nossos pilotos terem apresentado resultados promissores nas sessões de treinos, onde nunca se depararam com problemas."

"Os pneus pareciam estar a trabalhar bem durante os treinos com temperaturas do ar e da pista muito similares às verificadas na corrida. Ver o Makoto liderar a prova e resistir aos ataques de Valentino Rossi parecia confirmar as boas performances dos nossos pneus."

"O que aconteceu apanhou-nos a todos de surpresa. Vamos analisar tudo o que se passou com muito cuidado. Vamos encontrar o ponto de ruptura na construção e resolver o problema o mais depressa possível!"

Tags:
MotoGP, 2004

Outras actualizações que o podem interessar ›