Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hopkins nos pontos apesar de queda

Hopkins nos pontos apesar de queda

Hopkins nos pontos apesar de queda

John Hopkins revelou-se desiludido depois de ter somado apenas um ponto no Cinzano Grande Prémio do Rio depois de um acidente na última volta em que o americano foi à gravilha durante uma luta a alta velocidade com o piloto da Kawasaki Alex Hofmann. O americano ainda conseguiu regressar à pista e terminar em 15º, mas não conseguiu deixar de pensar no que poderia ter feito.

Entrei numa pequena luta com Ruben Xaus no início da corrida e quis passá-lo o mais depressa possível, disse Hopkins, que actualmente se encontra em 19º da tabela de pilotos. Passei o Xaus e depois tentei perseguir o grupo que estava à minha frente. Cometi alguns erros ao tentar chegar a eles e disso deu ao Hofmann a possibilidade de se chegar a mim de novo.

O Hofmann passou-me e continuámos a luta durante o resto da corrida. Na última volta cheguei-me a ele na recta oposta e comecei a preparar-me para o ataque. Pensei em por baixo, mas a pista estava um pouco suja na linha interior, por isso decidi travar mais tarde que ele por fora.

O Alex não sabia que eu lá estava e abriu a trajectória, tocando-me. A minha roda traseira levantou e saí da pista a alta velocidade para a escapatória de gravilha. Ainda bati na barreira de pneus e caí. Voltei a montar a moto, regressei à pista e consegui terminar a corrida.

Entretanto, Hofmann revelou-se surpreso pelo ataque de Hopkins, dizendo esperar que o americano optasse por uma linha diferente. Esperava que o John surgisse por dentro no final da recta, explicou o germânico. Ao preparar-me para a curva ele surgiu por fora e tocámo-nos a 310 km/h, e ele seguiu em frente. Lamento o sucedido nunca pensei que ele fosse por fora.

Hopkins disse ainda que, além da sua ultrapassagem planeada a Hofmann, estava a pensar atacar os pilotos que rodavam à frente dele e, quem sabe, num lugar mais alto. Durante a nossa luta chegámos ao Checa. Esperava passar os dois e terminar dentro dos dez primeiros.

No final não consegui o resultado que queria, mas não me posso lamentar muito uma vez que estive muito perto de um bom resultado. Não queria ses ao olhar para trás, por isso fiz tudo o que pude por um bom resultado. Não me arrependo de nada.

Tags:
MotoGP, 2004, John Hopkins

Outras actualizações que o podem interessar ›