Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Porto procura consistência

Porto procura consistência

Porto procura consistência

Depois de duas vitórias e algumas qualificações extremamente rápidas, Sebastian Porto está finalmente à altura das expectativas que o rodearam durante muitos anos da sua carreira em que foi mudando de equipas e construtores no Campeonato do Mundo de 250cc.

Contudo, e apesar da sua boa forma no início do ano, a falta de consistência está a pôr em causa o seu ataque a Randyt de Puniet e Dani Pedrosa no topo da tabela, e o argentino admite ter de começar a apresentar resultados mais regulares se quiser alcançar o seu sonho.

"No que toca a pontos, não é uma situação perfeita. Estou em terceiro no campeonato, mas ainda há muito caminho pela frente," diz Porto, que desistiu no Rio com problemas mecânicos. "Creio que nos falta alguma consistência e é nisso que temos de trabalhar. A moto tem de ser competitiva em todas as pistas."

"Se o conseguirmos devemos ser capazes de recuperar alguns dos pontos perdidos. Mas temos de continuar a trabalhar, o meu objectivo continua a ser o triunfo no campeonato, como o era no início do ano. Creio que somos capazes de o fazer."

"Neste momento somos três os pilotos a marcar o ritmo no campeonato. O Randy, o Dani e eu. O resto, tirando em algumas pistas, está atrás de nós. Mas ainda há alguns nomes importantes na luta, Poggiali, Roflo, Elias, são alguns deles. Nomes que vão continuar a conquistar pontos em todas as corridas."

"Só temos de nos preocupar com o nosso próprio trabalho e em fazê-lo correctamente. É a partir daí que vamos dar o máximo pelas cores da Aprilia, as que decidi defender este ano e quero cumprir os meus objectivos."

Enquanto o seu patriotismo o levam a um grande desejo de ver regressar os Grandes Prémios à Argentina, Porto diz que o seu verdadeiro objectivo é continuar a sua carreira – ser Campeão do Mundo.

"Seria um sonho, o meu primeiro objectivo quando vim para a Europa foi tornar-me Campeão do Mundo quando estava ainda no Campeonato de Espanha. Creio que é o único que ainda não cumpri, o resto já concretizei."

"Espero conseguir. Depois disso adoraria ter um Grande Prémio na Argentina, não temos um neste momento, mas é outra coisa que gostava. Mas seria formidável poder correr em casa."

Tags:
250cc, 2004

Outras actualizações que o podem interessar ›