Compra de bilhetes
VideoPass purchase

André Carvalho vence primeiro embate do Objectivo GP

André Carvalho vence primeiro embate do Objectivo GP

André Carvalho vence primeiro embate do Objectivo GP

Foi com uma animadíssima corrida do Grupo A que o Objectivo GP, competição com a chancela organizativa da Moto Jornal e do Motor Clube do Estoril, teve início este domingo, cabendo a André Carvalho o mais alto do pódio ao cabo de 12 voltas com a Honda CBR 125R ao traçado do Kartódromo Internacional de Palmela.

Um triunfo que surgiu na sequência de uma animada luta entre o piloto de Loures e o jovem David Domingues que, à oitava volta, não conseguiu apresentar argumentos para deter os ataques de Carvalho que vinha já embalado do triunfo na primeira manga de Mini GP. "Foi uma boa corrida e uma luta muito interessante. Nem me apercebi que o David tinha caído, ouvi o barulho mas pensei que tivesse escorregado. Depois disso foi só uma questão de manter a posição", explicou André Carvalho.

Surpreendente foi o resultado de Ruben Macuá que viu, literalmente, o segundo posto cair-lhe do céu na linha de meta depois de ter sido alvo de fortes ataques de Domingues, mal este recuperou da queda e regressou à pista. "Não estava à espera deste resultado porque os primeiros estavam melhores que eu. Ainda assim, acreditei sempre e por isso consegui", adiantou Ruben que "promete voltar a atacar as posições do pódio já na próxima jornada", rematou.

Verdadeiramente para esquecer foi o dia de David Domingues. Depois de ter conquistado a pole, o piloto de Belas distraiu-se no arranque, perdendo três posições. Ainda assim, e ao cabo de três curvas, Domingues reclamou de novo a liderança, que manteve com tranquilidade até meio da prova, altura em que começou a ser atacado por Carvalho e para quem perderia o primeiro posto.

Contudo, o azar de David não se ficou por aqui, já que após a ultrapassagem caiu na curva dois, cedendo o segundo lugar a Macuá. Para rematar, e depois de ter regressado ao segundo lugar, o jovem piloto largou o punho com a meta à vista, perdendo desta forma inglória o segundo lugar. "Estava distraído na largada e por isso perdi alguns lugares. Mas o pior que isso e que a minha queda, foi no final. Pensava que tinha mais vantagem para o terceiro e por isso deixei de acelerar. Mas a verdade é que o Ruben estava em cima de mim a aproveitou bem o meu erro", rematou David Domingues.

Corrida – Grupo A: 1º André Carvalho, 14m02,973s; 2º Ruben Macuá, a 10,858s; 3º David Domingues, a 10,974s; 4º Sérgio Batista, a 20,494s; 5º Sérgio Pita, a 21,164s; 6º Diogo José, a 21,219s; 7º Dário Monteiro, a 45,511s; 8º Mário Serra, a 1m02,480s; 9º Rita Mourão, a 1m02,863s; 10º Edgar Palma, a 1 volta; 11º Ricardo Rocha, a 1 volta; 12º Jorge Almeida, a 3 voltas.

Tags:
125cc, 2004

Outras actualizações que o podem interessar ›