Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Biaggi repete pole em Sachsenring

Biaggi repete pole em Sachsenring

Biaggi repete pole em Sachsenring

Max Biaggi repetiu a sua posição na grelha de há um ano neste mesmo circuito, no Veltins Motorrad Grand Prix Deutschland, ao conquistar a pole com um volta cujo tempo foi cerca de um Segundo mais rápido do que o registo que lhe valeu a pole do ano passado. Biaggi realizou as suas voltas rápidas com dez minutos da sessão ainda por decorrer e sob temperaturas que 10ºC mais elevadas do que ontem. Cerca de 13 pilotos ficaram no mesmo segundo do que Biaggi mas nenhum foi capaz de destronar o italiano.

"Estou muito satisfeito, já que estar na pole é sempre uma boa sensação", comentou Biaggi, que fica para a história como o primeiro piloto a rodar em menos de 1m23s neste circuito, ao realizar uma volta em 1m22.756s. "Desde ontem já melhorámos muito. Em especial, no que toca à a afinação que faz com que a moto seja muito mais controlável nos ressaltos do asfalto.

"Saí para a pista com pneus de qualificação, concentrei-me e dei o máximo e assim consegui realizar uma volta muito boa. Tentei fazer isso por uma segunda vez mas cometi um erro. De todas as formas, esperava que a minha primeira fosse suficiente e foi. Quero agradecer aos homens da Honda e à Michellin que trouxe um pneu excelente."

Valentino Rossi foi um dos outros pilotos que bateu a barreira do 1m 23 segundos, ficando a 0.084 segundos do seu arqui-rival após uma última tentativa com a sua Yamaha. Por seu turno, o piloto da Suzuki, Kennt Roberts, ficou logo a seguir ao italiano, assegurando o terceiro melhor tempo e conseguindo largar pela segunda vez consecutiva da fila da frente, depois de ter obtido a pole no Brasil.

O terceiro piloto foi Sete Gibernau, actualmente empatado em pontos com Valentino Rossi no comando do Campeonato do Mundo, embora o detentor da pole provisória tenha de se contentar com o quarto posto na grelha de partida de amanhã, dado ter sido esse o seu resultado na qualificação.

Shinya Nakano fez com que surjam quatro fabricantes nos cinco primeiros postos da grelha, ao igual a sua melhor qualificação com uma Kawasaki e após ter liderado a sessão durante breves momentos, enquanto Biaggi não realizava a sua volta canhão. A segunda fila é completada por Alex Barros, que certamente deverá utilizar o novo sistema de escape, que pela primeira vez equipa a sua Honda, na corrida de amanhã.

Muitos foram os ataques de última hora, numa altura em que a temperatura da pista era já superior. Os mais inconformados foram Carlos Checa, Troy Bayliss e Nicky Hayden que lutaram por manterem o ritmo nas últimas voltas ao circuito, tendo de se conformar com a terceira fila na grelha, precisamente por esta ordem.

A última volta de Makoto Tamada foi a inglória, já que o vencedor da corrida do Rio, deixou cair a oportunidade de lutar por uma lugar na segunda fila, tendo se qualificado em 13º, na sequência de uma queda. Por seu turno, John Hopkins sofreu uma reacção alérgica a uma picada de abelha momentos antes do início da sessão e, impedido de receber tratamento anti-histamínico devido às leis anti-doping, lutou bravamente por conseguir um lugar na grelha à frente de Tamada, obtendo assim o 12º posto.

Tags:
MotoGP, 2004, VELTINS MOTORRAD GP DEUTSCHLAND, QP2

Outras actualizações que o podem interessar ›