Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Kawasaki fala do seu melhor dia até então

Kawasaki fala do seu melhor dia até então

Kawasaki fala do seu melhor dia até então

A equipa Fuchs Kawasaki realizou uma corrida perfeita no Grande Prémio deste domingo, com Shinya Nakano e Alex Hofmann a obterem os melhores resultados da temporada. Nakano conseguiu o melhor resultado de sempre da Kawasaki em MotoGP com um sétimo posto, a apenas dois segundos do quinto posto ocupado pelo homem da Honda, Colin Edwards. Por seu turno, o seu companheiro de equipa, Hofmann completou o top ten para delírio da multidão que enchia por completo o circuito e também do seu director de equipa, Harald Eckl.

"Estou simplesmente satisfeitíssimo com o desempenho dos pilotos e do restante da equipa Fuchs Kawasaki", exaltou Eckl depois da corrida. "Como sempre nas corridas, é necessário terminar para estar nos pontos e quer o Shinya quer o Alex concluíram a prova nos dez primeiros. Um excelente resultado tendo em conta os problemas que tivemos de ultrapassar.

"A sexta-feira foi praticamente um dia perdido, já que os nosso técnicos tiveram de realizar uma revisão aos motores. No sábado, foi a vez da afinação do chassis. Este resultado é devido ao árduo trabalho de todos."

"É um bom resultado. Confesso que não o esperava depois daquele primeiro dia em pista", acrescentou Nakano. "Mesmo depois da qualificação, os meus técnicos estavam a fazer uma série de modificações à moto, pelo que lhes devo um agradecimento pelo seu trabalho e dedicação. Na partida, olhei para baixo e vi líquido na minha bota. Perdi a concentração na altura em que os semáforos se apagaram.

"Estava em 12º e continuei a forçar até que consegui passar o Roberts na Suzuki. Depois tive alguma sorte quando o Melandri e o Abe sofreram aquele acidente à minha frente. É fantástico ver a equipa tão satisfeita depois dos problemas que tivemos na sexta e no sábado."

Hofmann admitiu que não havia sido um fim-de-semana fácil, mas expressou o seu alívio em relação ao resultado da corrida. "Estou satisfeito pela primeira vez este fim-de-semana. É uma sensação muito boa estar outra vez no top ten ainda para mais na Alemanha. Não larguei bem e perdi duas posições na primeira volta e depois demorei pelo menos oito voltas até conseguir passar o Xaus.

"Demorou muito tempo e até lá o grupo à minha frente já tinha uma certa vantagem. Concentrei-me em conseguir um bom resultado e fazer o melhor, dados os problemas que havíamos tido nos dois dias anteriores. Não estava muito confiante após a qualificação, mas isto mostra que nunca se deve desistir em corridas."

Tags:
MotoGP, 2004, VELTINS MOTORRAD GP DEUTSCHLAND, Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›