Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Melandri luta contra a dor

Melandri luta contra a dor

Melandri luta contra a dor

A cruel maré de azar de Marco Melandri continuou em Donington Park, na sexta-feira de manhã quando o jovem italiano foi abalroado por Alex Hoffman na primeira sessão de treinos livres, forçando-o a cair e tendo como resultado ter partido o polegar.

Depois do seu espectacular acidente em Sachsenring há apenas cinco dias, esta queda era a última coisa que Melandri necessitava num circuito onde se qualificou na fila da frente na temporada passada. O ex Campeão do Mundo de 250cc não conseguiu esconder o seu desencanto.

Quase no final da sessão da manhã, estava numa volta rápida e em vias de ultrapassar Hoffman, explicou Melandri que se qualificou num oitavo lugar não obstante o seu acidente e lesão ocorrida da parte da tarde. Infelizmente ele não me viu e obrigou-me a ir à relva, o que resultou no acidente. Desde logo soube que havia lesionado a mão, mas fiquei muito desapontado quando o raio-X indicou que havia partido o osso do polegar direito.

Estava preocupado antes da partida do treino desta tarde que viria a trazer-me imensos problemas. Mas no final de contas não foi tão mau como cheguei a suspeitar. Dói com travo e um pouco menos quando acelero principalmente na saída das curvas à direita, mas poderia ser pior. Agora a grande questão é saber como será na corrida.

Fora isso, o dia correu bem. A aderência aqui, como o novo asfalto, é muito melhor e a moto está muito boa. Diria que é a primeira vez que não tivemos de trabalhar muito para conseguir uma boa afinação.

O Engenheiro de Corrida de Melandri, Guy Coulon estava satisfeito com o esforço do seu piloto, mas expressou alguma apreensão em relação à corrida. Apesar da lesão, o Marco conseguiu realizar um bom dia de trabalho. A grande questão agora é saber quantas voltas ele é capaz de realizar.

Afortunadamente, o traçado não é tão irregular como antigamente, o que faz com seja mais fácil para ele. No que toca à afinação, não há muito que possamos fazer por ele, excepto tentar fazer com que a moto seja o mais fácil de pilotar possível e é nisso que nos vamos concentrar amanhã.

Tags:
MotoGP, 2004, CINZANO BRITISH GRAND PRIX, Marco Melandri

Outras actualizações que o podem interessar ›