Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Puig surpreendido pelo prodígio Pedrosa

Puig surpreendido pelo prodígio Pedrosa

Puig surpreendido pelo prodígio Pedrosa

Alberto Puig já se habituou a surpresas durante as últimas temporadas. Desde que iniciou o projecto da Movistar Júnior Cup há alguns anos em Espanha, o ex piloto de 500cc nunca poderia esperar conseguir revelar um talento tão prodigioso como é Dani Pedrosa, quem ele guiou na obtenção do Campeonato do Mundo de 125cc em três temporadas .

Contudo, até Puig reconhece ter sido surpreendido para velocidade de adaptação de Pedrosa ao campeonato de 250cc. Uma situação tanto mais impressionante quanto ele perdeu parte da pré-temporada a recuperar de dois tornozelos partidos, lesão contraída num acidente em Phillip Island, em Outubro último.

"O facto mais surpreendente será porventura o ele ter recuperado tão rapidamente das lesões contraídas na Austrália", diz Puig. "Ele não pôde treinar durante quase todo o Inverno, e isso foi muito difícil para ele, já que iniciou a temporada depois de apenas três a quatro testes e nunca havia pilotado a moto antes.

"Se não tivesse tido o acidente, ele tem imenso talento e esperávamos que tivesse uma boa temporada. Mas com o acidente, pensamos que a progressão seria um pouco mais devagar antes que pudesse estar entre os primeiros. Ele está a recuperar muito bem."

Pedrosa lidera o campeonato com uma vantagem de 34 pontos sobre Randy De Puniet e com sete rondas ainda por disputar. No entanto, Puig insiste que a atenção da equipa continua a ser a adaptação do piloto à categoria, com o pensamento no título a ficar para mais tarde na temporada.

"Tentámos manter a calma e fazer uma coisa de cada vez. O que suceder, aconteceu", diz. "O que espanta é que mesmo na primeira corrida ele era já muito rápido. Isso quis dizer que a equipa teve de se adaptar ao piloto e à sua competitividade. É isso que temos vindo a tentar fazer e pendo que ele já fez progressos que nunca penso em fazer.

"O nosso objectivo esta temporada não era arrecadar o título e isso sempre o dissemos. Se o conseguirmos tanto melhor, mas o objectivo era para o Dani aprendesse o mais possível sobre a moto e sobre a categoria. Se o conseguirmos fazer e ganhar corridas ao mesmo tempo, tanto melhor, mas não nos devemos obcecar por isso.

"Daí que pretendamos levar as coisas como até aqui. Se virmos que é possível vencer com poucos corridas para o término da temporada, então utilizaremos um pouco de estratégia e táctica. Mas como já dissemos, ainda não há nada a celebrar e a temporada não termina até Novembro. Essa é a filosofia da equipa e sempre a será."

Para ver a entrevista na sua versão original, incluindo imagens do Dani Pedrosa, clique no link de vídeo no topo da página.

Tags:
250cc, 2004, Dani Pedrosa

Outras actualizações que o podem interessar ›