Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Homens da Ducati prontos para voltar ao trabalho em Brno

Homens da Ducati prontos para voltar ao trabalho em Brno

Homens da Ducati prontos para voltar ao trabalho em Brno

O circo do MotoGP regressa após do interregno de Verão em Brno esta semana e apresenta-se relaxado e pronto para dar início às últimas sete provas desta interessante época de 2004. O Grande Prémio Gauloises da República Checa é uma corrida importante para todo o pelotão, mas em especial para a Ducati Marlboro Team e os seus pilotos Loris Capirossi e Troy Bayliss, que esperam manter a forma que demonstraram durante os últimos Grandes prémios antes das férias.

No mês passado, no Grande Prémio Cinzano do Reino Unido ambos os pilotos se qualificaram com as suas Desmosedici GP4 entre os quatro primeiros, tendo igualmente mostrado o seu potencial na corrida. Capirossi liderou pela primeira vez esta temporada e Bayliss a rodar dentro de 0.15 segundos do novo recorde de Donington Park. A melhoria da equipa vem na sequência da introdução do novo motor Twin Pulse.

"Somos agora tão competitivos como éramos no ano passado", diz Lívio Suppo, director da Ducati Marlboro Team. "Penso que devemos estar satisfeitos com a forma como temos vindo a recuperar de um mau início de temporada. Se considerarmos que as outras equipas de fábrica também melhoraram as suas motos desde o início da época, isso mostra que nós melhorámos ainda mais.

"Os tempos por volta do Troy em Donington mostram que estamos no caminho certo no que toca ao desempenho, daí que estejamos ansiosos por competir em Brno e no restante da temporada. No ano passado em Brno realizámos a nossa melhor corrida – quer o Troy como o Loris lutaram pela vitória. Este ano, queremos ser parte do show outra vez."

O director técnico Corrado Cecchinelli está igualmente confiante num bom desempenho na República Checa. "O traçado de Brno é óptimo para as nossas motos", diz Cecchinelli. "De facto, a nossa moto de 2004 está agora mais equilibrada do que a do ano passado, daí que penso que deverá adaptar-se bem a qualquer traçado daqui para a frente.

"Em Brno é necessário ter muita confiança na frente da moto, já que existe muitas curvas a descer com inclinações negativas. Também é preciso uma moto que consiga mudar de direcção rapidamente porque há muitos esses."

No ano passado em Brno, Capirossi lutou pela liderança até que uma pequena falha eléctrica acabou com as suas hipóteses nos instantes finais da corrida. Ao longo dos anos a pista Checa tem trazido momentos bons e maus para o italiano – Já obteve pódios em Brno nas 125, 250 e em MotoGP, mas nunca venceu uma corrida neste circuito.

"Gosto imenso desta pista porque é muito rápida e bastante técnica", diz. "É um traçado harmonioso onde é preciso que as capacidades de pilotagem estejam bem vincadas. Esta prova é muito importante para nós, dado que desde que temos o motor Twin Pulse, desde Assen, que mostrámos que podemos ser muito competitivos e andar muito rápido.

"A primeira parte da temporada foi muito difícil, mas agora o Troy e eu estamos contentes com a moto. Mal posso esperar pela corrida. Já descansei depois daquele horrível calendário de seis corridas em oito semanas em Junho e Julho. Nas férias, não fiz nada! Fomos até Itália por alguns dias para ver os meus pais perto de Imola e depois do da Ingrid em Trieste. Depois foi voltar a casa no Mónaco e descansar em casa e no meu barco."

Bayliss realizou a sua melhor corrida do ano passado em Brno, liderando metade da prova à frente de Valentino Rossi e Sete Gibernau e acabando por terminar em terceiro com uma desvantagem de apenas 0.6 segundos para o vencedor, Rossi.

"Gostei logo de Brno desde que lá testei no ano passado", afirma o australiano. "É um traçado muito rápido e largo, com algumas curvas não se conseguem ver muito bem até que se está em cima delas. Penso que se pode dizer que será um pouco como Phillip Island.

"Há poucas pistas onde se tem de ter muita confiança na frente da moto e esta é uma delas, já que há muitas curvas de inclinação negativa. Também há uma série de curvas que se negoceiam em segunda velocidade. No entanto é uma pista rápida. Mal posso esperar por lá voltar.

"Depois de Donington sei que possa estar na frente das corridas e tenho vindo a treinar intensamente para que possa voltar em força em Brno. Além do treino, tenho relaxado com a família no Mónaco. Tivemos também uma semana de férias em Maiorcaa."

Tags:
MotoGP, 2004, GAULOISES GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›