Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pilotos da Kawasaki satisfeitos com os pontos obtidos

Pilotos da Kawasaki satisfeitos com os pontos obtidos

Pilotos da Kawasaki satisfeitos com os pontos obtidos

Os pilotos da Kawasaki, Shinya Nakano e Alex Hofmann mostravam-se ambos aliviados por terminarem o Grande Prémio Gauloiese da República Checa no domingo nos pontos, depois de largarem das duas últimas posições da grelha. Nakano terminou em 12º, apenas um décimo de segundo à frente de Hofmann, depois de uma árdua luta nas últimas sete voltas da prova.

"Fiz uma boa largada, mas nos instantes iniciais da corrida não conseguiu andar rápido", explicou Nakano. "Não me senti confortável com a afinação. Penso que talvez tenhamos feito uma má escolha de pneu traseiro.

"O problema foi a falta de testes em tempo seco, bem como alguma vibração na frente. Nas últimas cinco voltas tentei ficar à frente do Hofmann, e mesmo que tenha terminado nos pontos depois de largar do fim de grelha, não gosto de correr tão longe dos da frente. Os testes aqui nos próximos dois dias são assim muito importantes para mim e para a Kawasaki."

"Foi de facto uma corrida muito interessante, em especial no fim com o Shinya e o Jeremy McWilliams", disse Hofmann. "Pensei que teria hipótese de passar o Shinya na última curva da última volta, mas as bandeiras amarelas não o permitiram. Depois da largada era difícil ultrapassar nas primeiras voltas, mas assim que corrida ficou mais calma, encontrei um bom ritmo e passei para a frente do grupo que tinha o McWilliams, o Shinya e o Xaus.

"Depois disso foi uma corrida difícil até ao final. Foram dois dias frustrantes de qualificação na chuva, daí que conseguir pontos seja um bónus. Espero que consigamos dar um passo em frente nos testes nestes dois dias".

Harald Eckl, director de equipa, estava igualmente satisfeito com o resultado. "É satisfatório marcar pontos depois de largar do final da grelha, mas foi um trabalho árduo do Shinya e do Alex", disse. "No momento falta-nos velocidade de ponta e isso torna difícil ultrapassar nas rectas. Em resultado disso mesmo, ambos os pilotos perdem tempo nos instantes iniciais das provas.

"Se tivéssemos conseguido largar mais próximo dos da frente, estou certo que teríamos conseguido terminar entre os dez primeiros. Foi um fim-de-semana complicado, mas os testes nos próximos dias, com um novo chassis, suspensão e componentes do motor, darão novas soluções para as corridas que se avizinham."

Tags:
MotoGP, 2004, GAULOISES GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›