Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Jacque regressa à pista durante teste da Moriwaki

Jacque regressa à pista durante teste da Moriwaki

Jacque regressa à pista durante teste da Moriwaki

O antigo Campeão do Mundo de 250cc Olivier Jacque, que optou por ficar de for a na temporada 2004 depois de não conseguir encontrar uma equipa para renovar o contrato de MotoGP, regressou à pista com os seus ex-companheiros para tomar parte do teste de MotoGP de segunda-feira no circuito de Brno na República Checa. Espectador durante o fim-de-semana, Jacque está de fora da competição há nove meses.

"Foquei todos os meus esforços na minha equipa do Campeonato de França", disse o gaulês. "O Team OJ foi segundo no Campeonato de 125 e agora vamos participar nas duas últimas corridas do Campeonato de Espanha em Jerez e Valência".

"Foi uma grande satisfação para mim estar envolvido na equipa a tempo inteiro, mas sinto falta de MotoGP. Quando não vimos às corridas e não as vermos na televisão é fácil, mas quando estamos no paddock fico com vontade de voltar a correr e sinto que ainda tenho muito para dar".

O teste de Jacque com a Moriwaki Dream Fighter MD211VF com motor Honda V5 é, inicialmente, uma situação pontual, mas é claro que não passou despercebida durante o dia de testes. Apenas com seis horas de testes em piso seco (durante o fim-de-semana de corrida os pilotos tiveram apenas uma hora e meia de pista seca) o antigo piloto da Yamaha rodou em 2m01,851s, mais de três quartos de segundo abaixo do melhor crono de Andrew Pitt de 2m02,660s estabelecido no sábado pelo piloto da Moriwaki.

"O teste de hoje foi mesmo muito interessante. O motor Honda que utilizámos é muito macio e em conjunto com o chassis tipo tubular foi uma experiência diferente. Estou um pouco enferrujado e os meus braços e pernas doem-me um pouco, mas não me sinto muito fora de forma, isto apesar de ainda ser muito cedo para falar em regressos".

Com a Moriwaki a querer tirar partido de um dos lugares da WCM no Camel Grande Prémio do Japão no próximo mês, algo que não fazia parte do seu programa de participações como wildcard, e com o seu piltoo Andrew Pitt impossibilitado de tomar parte da prova devido a compromissos com a Yamaha no Mundial de Supersport, fica a possibilidade de Jacque voltar à acção bem mais cedo do que poderia pensar.

"A equipa chamou-me durante o Verão para verem se esta livre para este teste e estou satisfeito por ter vindo porque tem sido muito interessante pilotar uma moto com tão bom potencial. Este ano apenas fiz alguns ralis com a Renault e algumas pequenas corridas com amigos, por isso não sei se poderia correr já".

"Seja como for, é muito cedo porque ainda não foi dito nada e nem sequer me fizeram qualquer oferta. Mas tenho de admitir que adoraria mais uma oportunidade para voltar a correr no MotoGP". Depois da sua impressionante estreia na máquina pode não demorar muito para que Jacque veja o seu sonho tornar-se realidade.

Tags:
MotoGP, 2004, GAULOISES GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›