Compra de bilhetes
VideoPass purchase

West continua cruzada de fábrica

West continua cruzada de fábrica

West continua cruzada de fábrica

Anthony West continua a mostrar-se apostado em obter um lugar numa 250cc oficial depois da corrida de Brno. As suas performances ao longo do ano têm impedido as formações de fábrica de se esquecerem dele. O australiano de 23 anos foi quarto no Gauloises Grande Prémio da República Checa, consolidando a sua posição como o melhor privado e colocando-se numa excelente posição para mudar para uma moto melhor em 2005.

"Estou satisfeito por estar consistente ao longo de todo ano e por continuar a ser o melhor privado", disse West. "Quero correr com uma moto de fábrica no próximo ano, por isso vou garantir que não terão outra possibilidade que não darem-me uma".

"Se continuar a bater as equipas de fábrica então vão ter de ceder. De momento sei que é difícil, mas vou continuar a atacar forte".

O mais recente resultado dentro dos cinco primeiros de West surgiu depois de uma esforçada performance em que o piloto recuperou várias posições ao longo de toda a corrida, batendo Toni Elias com uma ultrapassagem agressiva nos momentos finais.

"Nas primeiras voltas estava em nono, mas começaram a fugir-me um pouco e não me estava a sentir bem. Mas quando comecei a sentir-me melhor com o andar da prova consegui apanhar o Nieto e o Rolfo".

"Quando começou a chover pensei ‘perfeito'. Começaram todos a abrir o punho e consegui apanhá-los. Depois secou e tentei ficar com o Toni Elias, fiz algumas voltas ao mesmo ritmo que ele e fugimos dos que estavam atrás de nós. Depois, nas últimas voltas, consegui passar por ele, o que foi bom!"

West também deu a sua opinião sobre a decisão da Direcção de Corrida que permitiu a continuação da corrida apesar das gosta de chuva que se fizeram sentir durante a corrida. "A determinada altura pensei que parariam a corrida porque começou a chover um pouco, mas depois parou muito depressa", disse.

"Metade da pista estava seco e outra estava molhada, por isso não sei. Não estavam todos a cair – tínhamos de ter mais cuidado nas partes molhadas. Não foi assim tão perigoso".

"É possível correr com estas condições, por isso penso que se tivesse chovido um pouco mais, então teriam mesmo de parar a prova, mas creio que não houve motivos para isso".

"No que a mim me diz respeito acho que alguns não queriam correr com a pista molhada. Eu não me importei – pelo contrário, foi bom!".

Tags:
250cc, 2004, GAULOISES GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Anthony West

Outras actualizações que o podem interessar ›