Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Biaggi e Capirossi culpam-se pelo acidente

Biaggi e Capirossi culpam-se pelo acidente

Biaggi e Capirossi culpam-se pelo acidente

Max Biaggi e Loris Capirossi culpam-se mutuamente pela colisão na primeira volta no Estoril no domingo e que resultou na queda de Biaggi e numa incursão de Capirossi por fora da pista.

Capirossi fez, talvez, o seu melhor arranque em 100 Grandes Prémios na categoria rainha, saltando de 11º da grelha para primeiro e sendo ultrapassado por Valentino Rossi algumas curvas depois. Ao ser passado pelo Campeão do Mundo em título Capirossi viu-se obrigado a abrir a trajectória e Biaggi tentou tirar partido disso, mas não teve por onde passar quando o seu compatriota lhe fechou a porta.

Biaggi começou por comentar o incidente de forma diplomática, mas depois deitou as culpas no piloto da Ducati. É claro que estou desapontado com tudo o que se passou hoje, apesar de saber que as corridas são assim, disse. Foi um acidente involuntário que surgiu de um desentendimento com o Capirossi.

Ele talvez tivesse muito que fazer na primeira volta, estava à frente de todos desde a primeira curva. Tinha vantagem e alargou-se muito, indo bem para fora da tradicional trajectória daquela curva.

Eu estava mesmo atrás quando o Loris abriu e devagar, mantive a minha linha e ele abrandou subitamente. Ao tentar evitar o toque bloqueei os travões e a minha roda traseira levantou. Tocámo-nos e depois caí.

Contudo, a opinião de Capirossi é bem diferente da de Biaggi que considera ter tentado fazer a ultrapassagem na altura errada. Comecei muito bem e depois corri alguns riscos para entrar na primeira curva, explicou. Foi uma pena o Max ter tentado passar-me tão cedo, podia ter esperado por um melhor sítio para atacar.

Ao contrário de Biaggi, Capirossi foi capaz de recuperar do incidente, regressando à pista em 20º lugar e levando a cabo uma espectacular recuperação para terminar em 7º.

Assim que regressei à pista comecei o meu ataque passando muitos pilotos, mas os líderes já estavam muito longe, pelo que me limitei a manter a posição. Estava com um ritmo muito similar aos da frente, o que prova que estamos a melhorar a moto, mas ainda há muito para fazer.

Com esta primeira prova da temporada em que não terminar Biaggi fica agora a 51 pontos de Rossi no campeonato, o que lhe tira grandes possibilidades de vencer o título em apenas cinco corridas.

É uma pena, estava em excelente forma para ganhar a corrida, lamentou-se Biaggi. Não quero pensar no campeonato neste momento, mas é óbvio que a situação está muito complicada. Contudo, ainda faltam cinco corridas, pelo que temos de ver como correm as coisas.

Clique nos links de vídeo no topo da página para ver todas as imagens disponíveis do acidente, incluindo as da câmara traseira montada na moto de Rossi, para fazer o seu próprio julgamento de tudo.

Tags:
MotoGP, 2004, GRANDE PREMIO MARLBORO DE PORTUGAL, Loris Capirossi, Max Biaggi

Outras actualizações que o podem interessar ›