Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Regresso de Kurtis adiado devido a cirurgia

Regresso de Kurtis adiado devido a cirurgia

Regresso de Kurtis adiado devido a cirurgia

Kurtis Roberts irá perder o Grande Prémio Camel do Japão que se realiza este fim-de-semana e poderá mesmo também não participar na ronda seguinte, o Grande Prémio Marlboro do Qatar, na sequência da cirurgia ao pulso a que foi submetido. O piloto da Proton Team KR tem estado a recuperar na sua casa na Califórnia desde que se lesionou num acidente numa sessão de treinos em Brno, há já quase um mês. O piloto já perdeu alguns testes importantes que a equipa levou a efeito, bem como parece agora que irá falhar um total de três corridas.

"O Kurtis está a recuperar bem em casa", confirmou o director de equipa Chuck Aksland. "Não temos a certeza se ele estará apto para o Qatar, mas deve já correr na corrida seguinte na Malásia."

Apesar da notícia em relação ao Roberts, Aksland confirmou que a equipa está a viver um bom período depois dos mais recentes testes com o novo motor da KTM, na sequência do Grande prémio Marlboro de Portugal, no Estoril.

"O Nobu (Aoki) realizou mais de 20 voltas no Estoril com o novo motor da KTM no primeiro dia e mais de 50 no segundo. Não tivemos problemas e com pneus de corrida, conseguimos rodar mais rápido do que havíamos conseguido na corrida de domingo. Apenas um pouco abaixo do que havíamos conseguido em qualificação, com pneus de qualificação.

"Ficámos todos muito impressionados com o potencial do motor e ficámos logo com ideias de como melhorar ainda mais. O problema é que estes Grandes Prémios longe e com datas muito próximas entre si não permitem testar essas ideias. Faremos os testes outra vez após as corridas.

"Nessa altura, tomaremos a decisão de continuar ou não com o programa", acrescentou Aksland, que exprimiu a sua satisfação com os novos pneus trazidos pela Dunlop para os testes em Portugal.

"A razão de Nobu ter feito apenas 20 voltas no primeiro dia deveu-se ao facto de termos agendado um teste de pneus com a Dunlop também para essa segunda-feira", continuou. "Correu bem. Parece que estão no caminho certo. A cada teste que fazemos com eles as coisas melhoram e isso deve ajudar em Motegi."

Este fim-de-semana, Aoki tripulará a mesma máquina V5 que utilizou nas duas últimas corridas em que terminou nos pontos. Um resultado semelhante no domingo seria o tónico certo para este experiente piloto japonês em frente ao seu público.

"Claro que se trata de um corrida importante para mim e darei tudo o que for possível para dar uma alegria aos meus fãs", comentou Aoki. "Correr em casa trás mais pressão mas também é muito divertido. Depois de conseguir pontos nas duas últimas corridas, espero conseguir fazer ainda melhor em Motegi. Os testes de pneus deram-me esperança de que é possível."

Tags:
MotoGP, 2004, CAMEL GRAND PRIX OF JAPAN

Outras actualizações que o podem interessar ›