Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rivais prometem outra grande luta a Pedrosa

Rivais prometem outra grande luta a Pedrosa

Rivais prometem outra grande luta a Pedrosa

Tempo de chuva e um furo fizeram com a liderança do Campeonato do Mundo de 250cc de Dani Pedrosa ficasse reduzida a 27 pontos de vantagem sobre Randy de Puniet nas duas últimas corridas e os seus rivais prometem dar mais uma grande luta em Motegi este fim-de-semana.

A vontade de Pedrosa impressionar os chefes da Honda e dar mais um passo rumo ao título das quarto de litro está a ser posta em causa não apenas por pilotos da Aprilia, como de Puniet e Sebastián Porto – os dois principais candidatos ao título –, mas também por adversários dentro da própria fábrica, principalmente Toni Elias e Hiroshi Aoyama, ambos desesperados por impressionar.

Elias regressou ao pico de forma de forma dramática com a sétima vitória da carreira na classe na prova do Estoril há duas semanas, tornando-o no segundo piloto, logo atrás de Ralf Waldmann, com maior número de vitórias em 250cc sem nunca ter conquistado o título. Já é um pouco tarde para Elias rectificar esta estatística neste fim-de-semana, mas a repetição das suas vitórias nesta pista nas duas últimas temporadas confirmará o seu potencial como candidato ao título da próxima época de pois de um difícil primeiro ano com a Honda.

Aoyama, companheiro de Pedrosa, procura o primeiro triunfo da época depois de ter impressionado como wild car em Motegi no ano passado. Aoyama também teve uma temporada inconsistente, mas mostra sinais de verdadeira potencial em circuitos que nunca tinha visitado, tornando-se num grande candidato ao triunfo numa pista onde já rodou por várias vezes na sua caminhada para o título japonês de 250cc no ano passado.

Yuki Takahashi, actual líder do muito competitivo campeonato nacional, também corre este fim-de-semana apesar de sofrer ainda os efeitos de uma fractura dupla no tornozelo esquerdo. Takahashi lidera uma habitualmente forte lista de wild cards que conta com Shuhei Aoyama, actual Campeão Japonês de 125cc e irmão de Hiroshi; Chojun Kameya, primo do mais famoso wild card de 250cc de todos os tempos: Daijiro Kato, o veterano Yusi Fujioka e o piloto Yamaha Katsuyaki Nakasuka.

Apesar da forte competição, Pedrosa pode olhar para o seu forte recorde em Motegi, onde venceu a corrida de 125cc de 2002 depois de largar da pole e só não repetindo o feito no ano seguinte devido a problemas mecânicos na 16ª volta. O jovem espanhol espera agora mais sorte.

Tags:
250cc, 2004, CAMEL GRAND PRIX OF JAPAN, Dani Pedrosa

Outras actualizações que o podem interessar ›