Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Gibernau aliviado por ter sido sexto

Gibernau aliviado por ter sido sexto

Gibernau aliviado por ter sido sexto

Não obstante o desapontamento por apenas conseguir o sexto lugar no Grande Prémio Camel do Japão, Sete Gibernau disse estar agradecido pelos pontos obtidos depois de um fim-de-semana repleto de problemas. O piloto da Telefónica Movistar Honda teve problemas durante todo o fim-de-semana com o novo pneu dianteiro trazido para Motegi pela Michelin, concebido especialmente para compensar as fortes travagens necessárias no circuito japonês, e quase que não conseguia cruzar a linha de meta.

"Tivemos muitos problemas aqui este fim-de-semana e este é o meu pior Grande Prémio desde que vim para a Honda", comentou Gibernau, que perdeu dez pontos para Valentino Rossi na luta pelo título.

"Não podia fazer muito mais na situação em que estávamos e tenho mesmo de agradecer a Deus por terminar em sexto, o que parecia impensável com os problemas que tinha. Quase abandonei porque tive um problema com o pneu da frente logo desde o início e não sabia se conseguia aguentar.

"No final, cruzei a linha de meta mas com o pneu feito em pedaços. Quase o vi no regresso à box é que me apercebi quanta sorte tive em não sofrer um acidente.

"Este tipo de coisa não me havia sucedido antes e estou certo que a Michelin quer o melhor para nós. No entanto, precisamos de voltar ao que tínhamos antes e ao pneu que sempre funcionou para mim."

Tags:
MotoGP, 2004, CAMEL GRAND PRIX OF JAPAN

Outras actualizações que o podem interessar ›