Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Taylor deixa Suzuki

Taylor deixa Suzuki

Taylor deixa Suzuki

Garry Taylor deverá deixar a equipa da Suzuki como Team Manager no final da presente temporada, depois de mais de 30 anos com a marca japonesa. Taylor anunciou publicamente a sua decisão em vésperas do GP Marlboro do Qatar, apontando razões pessoais e de saúde para a sua decisão.

Entretanto, a Suzuki anunciou que Paul Denning, proprietário da equipa Crescent Suzuki, baseada na Grâ-Bretanha, que obteve o título de campeã de Superbike este ano, vai substituir Taylor.

"Ser o Team Manager da Suzuki foi, para mim, o melhor emprego do mundo e diverti-me ao longo de quase todos os dias da minha permanência com a equipa", comentou Taylor, que é o Team Manager mais antigo do "paddock" e já venceu títulos mundiais com Kevin Schwantz (1993) e Kenny Roberts (2000).

"Foi um privilégio trabalhar com alguns dos melhores pilotos do mundo, não apenas os que venceram campeonatos, e gostaria de agradecer à Suzuki a carreira que me possibilitou com eles. Sempre planeei abandonar aos 55 anos e a equipa sabia dessa minha decisão".

"Decidi fazê-lo agora e passar a ter um papel menor, por várias razões. Primeiro, com as pressões do trabalho aumentando de ano para ano, bem como a popularidade do MotoGP, dei comigo a necessitar de mais tempo para viajar e o calendário do próximo ano, incluindo testes, significaria qualquer coisa como 200 dias fora de casa".

"Tenho uma filha de oito ano, Phoebe, e já perdi demasiadas etapas importantes na sua vida. Ainda não estive em casa para festejar um único aniversário, por exemplo, acontecendo o mesmo com a minha mulher".

"Depois, a minha saúde tem-se deteriorado e enquanto não existe nada que possa ser resolvido, preciso de acalmar durante algum tempo para poder dar aos médicos o tempo necessário". "Com a Suzuki GSV-R já na fase final de desenvolvimento, a equipa e eu decidimos que sair no final da época seria o tempo ideal. Acredito que podemos entregar ao meu sucessor uma moto e uma equipa competitivas, o que tem sido possível de provar ao longo da temporada.

O director de equipa da Suzuki, Masahito Imada, disse que "a Suzuki agradece muito a Garry Taylor pela sua dedicação nos nossos esforços. Juntos, conseguimos atingir grandes objectivos e agora começamos uma nova era, para continuar a evoluir".

Paul Denning também reconheceu o contributo de Taylor: "Garry fez um trabalho fantástico pela Suzuki. Queremos continuar a evoluir e conseguir grandes sucesso com a equipa e com a GSV-R".

"Suzuki possui muita qualidade, uma equipa consistente e é graças aos esforços de Gary que vou ‘herdar' uma equipa com este potencial. É uma grande oportunidade e uma honra ter sido chamado a integrar a equipa e ajudar a desenvolver a GSV-R. Estamos optimistas".

Tags:
MotoGP, 2004, MARLBORO GRAND PRIX OF QATAR

Outras actualizações que o podem interessar ›