Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi fica mais perto do título

Rossi fica mais perto do título

Rossi fica mais perto do título

Foi um dia perfeito para os fãs italianos em Sepang com Valentino Rossi a dar mais um passo rumo ao título de Campeão do Mundo de MotoGP e com Andrea Dovizioso a reclamar o ceptro de 125cc.

A clara vitória de Rossi, a que se juntou um desapontante sétimo lugar de Sete Gibernau, significa que o Campeão do Mundo tem a possibilidade de conquistar o título caso termine entre os dois primeiros na Austrália, penúltima prova da temporada a realizar dentro de uma semana.

A vitória de Rossi surgiu depois de uma corrida intensa disputada sob condições quentes e húmidas onde o piloto da Yamaha levou a cabo animada luta pela liderança durante as voltas iniciais com o rival da Honda Alex Barros. Contudo, Rossi conseguiu livrar-se do brasileiro ao cabo de quatro voltas e garantiu confortável vantagem, deixando Gibernau a lutar com um grupo muito combativo.

A meio da prova o grupo começou a alongar-se, mas Gibernau foi incapaz de progredir. Max Biaggi passou para a cabeça do grupo, relegando Barros para o terceiro lugar e deixando Nicky Hayden num claro quarto posto. Gibernau parecia a salvo em quinto, mas um ataque tardio de Loris Capirossi e Makoto Tamada fizeram-no cair duas posições nas últimas seis voltas.

"É uma vitória muito importante para mim depois de ter perdido 25 pontos no Qatar", disse Rossi após a corrida. "Foi uma luta interessante com o Alex no início da corrida, mas uma vez na frente fui capaz de marcar o meu ritmo, no qual já tinha trabalhado nos treinos".

"O Max também rodou forte no final, por isso não foi fácil. Mas estou muito satisfeito por mim e pela equipa. Não posso dizer mais nada porque estou muito cansado".

Enquanto Biaggi e Barros completavam o pódio e Nicky Hayden arrebatava o quarto posto, Tamada ultrapassava Capirossi na última volta para garantir o quinto posto e aproximar-se do quinto lugar do campeonato actualmente detido por Colin Edwards.

O sétimo lugar de Gibernau foi o pior final de corrida desta temporada, enquanto Shinya Nakano festejou o seu 27º aniversário com o oitavo lugar depois de passar Carlos Checa na última volta.

Troy Bayliss compeltou os dez primeiros, enquanto Edwards, que tem apenas três pontos de vantagem sobre Tamada, teve dificuldades para terminar em 11º. Norick Abe, Ruben Xaus, Yukio Kagayama e Jeremy McWilliams foram os outros pilotos que pontuaram.

Tags:
MotoGP, 2004, MARLBORO MALAYSIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›