Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Informações do muro confundem James Haydon

Informações do muro confundem James Haydon

Informações do muro confundem James Haydon

O piloto da Proton Team KR James Haydon fez uma segunda aparição algo problemática no MotoGP em Sepang no passado domingo, perdendo tempo com uma penalização de passagem pela via de boxes devido a falsa partida e depois uma segunda passagem devido a um desentendimento com o pessoal da sua boxes. Haydon explicou que nessa altura já tinha perdido tanto tempo que não valia a pena regressar à pista.

O piloto do campeonato inglês de SBK volta a ter uma oportunidade no próximo fim-de-semana, efectuando a terceira corrida de substituição do lesionado Kurtis Roberts. O director de equipa Kenny Roberts confirmou hoje que Haydon se vai manter com a equipa na próxima prova em Phillip Island – uma pista que o britânico já conhece, isto além de esta mais familiarizado com o protótipo V5 de MotoGP da Proton KR.

"Os dois últimos fins-de-semana deram-me uma ideia dos dois lados das corridas de Grande Prémios", comentou Haydon, que terminou nos pontos no Qatar. "Estou muito desapontado. Como as coisas estavam não seria capaz de entrar nos pontos, mas trabalharam todos tanto para não haver recompensa depois".

"Estava a sentir a embraiagem na linha de partida e a moto moveu-se. Não passei a minha linha, mas em MotoGP – ao contrário do britânico de SBK – qualquer movimento significa falsa partida. Fiz algumas boas curvas, passei o Melandri, o Nobu e o McCoy, depois houve um grupo a chegar todo junto à última curva e todos me queria passar".

"Muitos de nós alargámos a trajectória e eu saí de pista. Quando regressei só vi gente à minha frente e tentei apanhá-los, mas tive de vir à boxe cumprir a penalização. Quando regressei já estava muito longe deles e duas voltas mais tarde vi que, pela primeira vez, não havia nenhum quadro para mim no muro de boxes".

"Pensei que a equipa quisesse que eu entrasse, e assim fiz – mas afinal o quadro não tinha era ficado pronto a tempo! Acabou por não mudar nada... agora estou ansioso pelo próximo fim-de-semana na Austrália".

O director de equipa Kenny Roberts foi, como é hábito, muito filosófico em relação a tudo o que se passou e olhou para o lado positivo de toda a confusão. "Um dia sem muita história. Não temos a combinação para andar mais rápido neste momento. Temos de encontrar uma melhor combinação de pneus".

"Não sei porque é que o James foi penalizado apenas por se ter movido na grelha, mas é assim que as coisas são. Depois quando não viu o seu quadro pensou que o queríamos na boxe outra vez. Ao menos poupámos alguns quilómetros!"

Tags:
MotoGP, 2004, MARLBORO MALAYSIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›