Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bayliss anuncia saída da Ducati

Bayliss anuncia saída da Ducati

Bayliss anuncia saída da Ducati

Troy Bayliss anunicou que não vai correr com a Ducati no próxima ano, isto depois da fábrica italiana ter decidido não renovar o contrato com o piloto após o final desta temporada. O australiano divulgou a notícia na véspera do seu Grande Prémio em Phillip Island, mas demonstrou vontade de continuar no MotoGP.

"Tem sido difícil para todos na Ducati – esperávamos bastante mais este ano, mas não tem sido assim e só a meio do ano é que começámos a apresentar alguns resultados", disse Bayliss. "Desde então temos tido algum azar e a minha tem continuado porque descobri que não vou ficar na Ducati no próximo ano".

"É a última estocada. Tem sido um ano difícil e fiz tudo o que podia. Há muito tempo que corro com a Ducati e a história teria sido diferente se estivesse a ganhar todos os fins-de-semana, mas como não tem sido assim... estas coisas acontecem".

"Mas isto não significa que não vou fazer o que devo nas duas últimas corridas – quero fazer sempre o melhor que posso. Vamos ficar em Phillip Island para testar depois da corrida e vou fazer tudo para tentar melhorar a moto".

"Como disse antes, acredito no que a Ducati é capaz de fazer com a moto e estou certo que vão fazer tudo para funcione no futuro, mas é uma pena não estar lá para desfrutar".

"Estou confiante nas minhas capacidades. Sou um piloto e todos os pilotos acreditam neles próprios, mas gostava de continuar no MotoGP porque não creio ter ainda mostrado o que posso fazer".

"De momento não está nada claro, mas estou certo que nas próximas semanas já terei uma ideia do que vou fazer. Por agora estou num pequeno circulo vicioso que espero estar próximo de fim".

Tags:
MotoGP, 2004, CINZANO AUSTRALIAN GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›