Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Homens da Ducati prontos para o final

Homens da Ducati prontos para o final

Homens da Ducati prontos para o final

O director da Ducati Marlboro Team, Livio Suppo, diz que os seus homens estão prontos para lutarem na última ronda da temporada em Valência, depois de um moralizador primeiro pódio obtido em Phillip Island na passada semana. Suppo afirma que o terceiro lugar de Loris Capirossi na Austrália fez com que parecesse que a época havia apenas começado para a marca italiana e acrescenta que apenas querem terminar da mesma forma.

"Vimos para Valência com sorrisos na face", diz Suppo. "Parece que a nossa temporada começou em Phillip Island, pelo que agora apenas podemos esperar terminar bem na última corrida. Tem sido um segundo ano muito difícil para nós em MotoGP – nunca parámos de trabalhar e a moto tem vindo a melhorar.

"Depois de melhorar o motor e o chassis a meio da temporada faltou-nos um pouco de sorte até à Austrália, onde conseguimos voltar ao local onde sempre quisemos estar –na primeira fila e no pódio.

"Também ficámos a testar em Phillip Island, recolhendo informação que nos ajudará no desenvolvimento de Inverno com o objectivo de construir uma moto de topo em MotoGP para 2005."

Capirossi também terminou no pódio em Valência na temporada passada e está determinado em obter outro bom resultado que o prepare para a crucial temporada de testes de Inverno.

"Tem sido um ano difícil mas nunca deixámos de lutar. Continuaremos a aprender e a tentar ir mais além", diz Capirossi. "A corrida de Phillip Island deu-nos uma pequena recompensa por todo o trabalhoe, foi quase que um novo começo para nós. Espero que possamos lutar pelos lugares da frente nesta última corrida.

"Valência é uma pista muito estranha. É como uma pista de karts o que a torna muito difícil para as motos de MotoGP. São muitas curvas lentas e pequenas rectas, pelo que não gosto da pista, especialmente se estivermos a falar de uma moto de MotoGP. Penso que seria muito mais engraçada numa 125 ou mesmo numa 250cc.

"Prefiro pistas rápidas e técnicas, como as últimas duas em que estivemos, Austrália e Malásia. São fantásticas de se fazerem com uma moto de MotoGP."

O companheiro de equipa de Capirossi, Troy Bayliss também sabe o que é obter um pódio em Valência, depois de obter a vitória naquele circuito para a Ducati nas World Superbikes. A relação de há longa data do australiano com a fábrica italiana termina este fim-de-semana e ele espera despedir-se em grande estilo.

Tags:
MotoGP, 2004, GRAN PREMIO MARLBORO DE LA COMUNITAT VALENCIANA

Outras actualizações que o podem interessar ›