Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Feliz regresso de Pedrosa

Feliz regresso de Pedrosa

Feliz regresso de Pedrosa

Há um ano atrás, Daniel Pedrosa celebrou o título de 125cc com uma volta ao circuito Ricardo Tormo no descapotável depois de fracturar ambos os tornozelos na sequência de um acidente ocorrido nos treinos em Phillip Island. Este fim-de-semana, o espanhol regressa a Valência na esperança de completar as 27 voltas ao circuito na qualidade de Campeão do Mundo aos comandos da sua Honda, depois de arrecadar o título na Austrália à primeira tentativa.

Pedrosa deverá certamente ser uma das principais atracções este fim-de-semana na medida em que esperará terminar a época com a sua sétima vitória. No entanto, estará sob pressão por parte dos seus compatriotas Toni Elias e Fonsi Nieto, assim como de Sebastián Porto.

Não obstante ter perdido o título na Austrália, Porto ainda tem muito por que lutar em Valência este fim-de-semana e todas as razões e mais algumas para estragar a festa de Pedrosa. Já tendo somado 256 pontos, o argentino pode estabelecer um novo recorde para o maior número de pontos conseguidos por um vice-campeão no Campeonato do Mundo de 250cc. Isto se terminar num dos dois primeiros lugares no domingo. Se o conseguir ultrapassa os 273 pontos somados por Tetsuya Harada, quando terminou em segundo no campeonato de 2001 atrás de Daijiro Kato.

Porto tem também a hipótese de igualar o recorde do maior número de poles numa só temporada nas 250cc – actualmente na posse de Toni Mang que conseguiu dez em 1981 numa Kawasaki – e pode ainda arrecadar o título de construtores para a Aprilia. Depois da Austrália, a Honda tem apenas um ponto a mais do que a marca italiana, o que quer dizer que o construtor que conseguir posicionar uma das suas motos à frente da rival em Valência, ficará com o título.

A história recente sugere que Porto e a Aprilia têm a vantagem sobre Pedrosa e a Honda, que obtiveram duas vitórias em Valência com Tohru Ukawa em 1999 e com Daijiro Kato em 2001. Entretanto, os pilotos da Aprilia venceram nos dois últimos anos com Marco Melandri em 2002 e Randy de Puniet no ano passado. Por seu turno, a Yamaha obteve a vitória em 2000 com Shinya Nakano.

Por outro lado, o rookie Alex de Angelis tentará fazer com que as gordas dos jornais não se centrem apenas no Campeão do Mundo, depois de conseguir o seu melhor resultado de sempre na Austrália. De Angelis obteve o segundo lugar em Phillip Island e este fim-de-semana regressa a um dos poucos circuitos do qual já possui informação numa Aprilia 250cc, depois de ter testado naquele mesmo circuito no Inverno.

Tags:
250cc, 2004, GRAN PREMIO MARLBORO DE LA COMUNITAT VALENCIANA, Dani Pedrosa

Outras actualizações que o podem interessar ›