Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Emilio Alzamora tripula Honda RC211V em Jerez

Emilio Alzamora tripula Honda RC211V em Jerez

Emilio Alzamora tripula Honda RC211V em Jerez

O ex Campeão do Mundo de 125cc, Emílio Alzamora, regressou à acção na passada segunda-feira ao testar a Honda RC211V que Alex Barros pilotou no Campeonato do Mundo de MotoGP de 2004.

Alzamora, que participava num dia de testes organizado pela Honda, aberto aos Media e que rodou juntamente com o conhecido comentador de TV e colunista de motogp.com, Randy Mamola, admitiu estar um pouco desabituado mas disse ter gostado da experiência de pilotar uma das motos mais rápidas do Mundo.

"Tem tanta potência que foi difícil manter a roda da frente no chão nas rectas!", disse o espanhol, que se retirou das corridas no final da temporada de 2003. "Para pilotar esta moto no limite é preciso uma capacidade extraordinária de concentração e esforço físico.

"Ter a oportunidade de a pilotar por cinco voltas hoje foi uma experiência fantástica. Queria, desde já, agradecer à Honda por me ter dado a hipótese de pilotar esta moto MotoGP. No que toca à posição de condução é muito idêntica à de 250cc – é uma moto muito compacta."

Alzamora teve igualmente a oportunidade de testar as motos que vencerão os Campeonatos do Mundo de 250cc e de 125cc, de Dani Pedrosa e de Andrea Dovizioso e comentou: "A moto de Pedrosa é um pouco desconfortável porque é muito pequena e isso foi um problema que eu já havia sentido quando estive nas 250cc. No que toca à de 125cc, quero dizer que melhorou bastante e que gostei imenso de ter tido a oportunidade de a experimentar."

O teste foi o culminar de alguns dias bem passados por parte de Alzamora, que no domingo teve o seu primeiro grande sucesso como director de equipa, com o seu jovem protegido, Aleix Espargaró a vencer o Campeonato Espanhol, também em Jerez.

"Tem sido um ano extraordinário, já que não esperávamos ter sucesso tão rapidamente. Tínhamos um plano a dois anos e a ideia era ajudar estes jovens a crescerem e a desenvolverem-se, mas a verdade é que o Aleix aprendeu muito rapidamente e fez o máximo possível com os meios que lhe colocamos à disposição. Ele fez um trabalho incrível.

"Pessoalmente, estou a gostar do meu novo papel e gosto de trabalhar com jovens. No inicio pensei que seria mais difícil partilhar a minha experiência e conhecimento, mas foi fácil porque o Espargaró e o Tutusaus (o segundo piloto) ajudaram-me imenso. Na próxima época continuarei a trabalhar no sentido de ajudar ao desenvolvimento de novos talentos."

Tags:
MotoGP, 2004

Outras actualizações que o podem interessar ›