Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Representação Checa na máxima força em 2005

Representação Checa na máxima força em 2005

Representação Checa na máxima força em 2005

A República Checa terá a sua maior representação de sempre no que toca a Grandes Prémios na próxima época, com nada menos do que quatro pilotos a estarem inscritos nas categorias de 125cc e de 250cc. Além disso, também o construtor de mini-bikes, a Blata, irá unir forças com a equipa WCM para participar no MotoGP.

Jakub Smrz deverá participar naquela que será a sua quinta temporada no Campeonato do Mundo, outra vez nas 250cc, vestindo as cores da equipa Arie Molenaar Honda. Este jovem de 21 anos de idade deverá pilotar uma RSW privada depois de terminar em 20º na classificação em 2004.

Smrz irá juntar-se nas 250cc ao seu competriota Radomil Rous, que deverá também pilotar uma Honda privada ao assinar um contrato com a equipa Wurth Honda BQR e terá ao seu lado como companheiro de equipa o espanhol, Alex Debón. Rous já participou em diversos Grandes Prémios desde a sua estreia em 1997 como wildcard, mas agora aos 27 anos de idade irá realizar uma temporada completa.

Na classe de 125cc, o promissor Lukas Pesek irá fazer dupla com o ex Campeão do Mundo Manuel Poggiali na equipa Metis Gilera Racing. Pesek realizou algumas boas demonstrações na passada temporada aos comandos da Ajo Motorsport Honda, rodando no grupo da frente por diversas vezes, sem que, no entanto, nunca tivesse conseguido terminar num dos primeiros lugares.

O último Checo a participar na temporada completa este ano é Karel Abraham. Um jovem de 14 anos de idade que apenas terá a idade mínima para competir (15) em Janeiro. Abraham fará a sua primeira temporada com o Team Semprucci, aos comandos de uma Aprilia.

A ex Checoslováquia tinha vários pilotos a competir no Campeonato do Mundo de 125cc nos anos 50, mas apenas em temporadas mais recentes aquele País da Europa Oriental começou a "produzir" pilotos numa base regular, novamente.

O já falecido, Jaroslav Hules, que se suicidou no passo Julho, esteve próximo de obter a vitória na classe de 125cc mas foi incapaz de repetir a proeza de Fratisek Stastny, o único piloto Checo a vencer um Grande Prémio, obtendo a vitória numa corrida de 500cc que se disputou no antigo circuito de Sachsenring em 1966.

Tags:
MotoGP, 2005

Outras actualizações que o podem interessar ›