Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Edwards e Rossi contentes por estarem de volta

Edwards e Rossi contentes por estarem de volta

Edwards e Rossi contentes por estarem de volta

Colin Edwards realizou a sua estreia oficial com a Yamaha no sábado, naquele que foi o primeiro de três dias de testes em Sepang, ao lado do seu colega de equipa, Valentino Rossi. Embora já tivesse pilotado a Yamaha M1 por duas vezes ainda antes da proibição de Inverno, Edwards não foi oficialmente apresentado como piloto da Yamaha até ao dia 1 de Janeiro e está contente por se encontrar novamente com a sua equipa na Malásia.

"Estou muito contente depois deste primeiro dia e é maravilhoso estar de volta", disse o americano. "Passamos o dia todo a alterar especificações e a trabalhar naquelas pequenas coisas que permitem melhorar a afinação. Os japoneses necessitam de muita informação para colocarem na sua base de dados, pelo que passamos um bom bocado a fazer trabalho para eles.

"Não testámos pneus, já que nos queríamos concentrar apenas na afinação. Amanhã devemos testar diferentes tipos de pneus da Michelin. Temos um novo motor, um novo chassis e há muito trabalho pela frente. Algumas áreas melhoraram e outras não. Apenas necessitamos de encontrar o melhor equilíbrio e tudo estará perfeito."

No que toca à pressão da sua chegada à equipa campeã de MotoGP como colega de equipa do actual Campeão do Mundo, Edwards acrescentou: "Já muitas pessoas me questionaram sobre isso, mas não vejo as coisas dessa forma. Para mim até é bom que o Valentino seja o Campeão do Mundo e que esteja a desenvolver a mesma moto com que eu vou participar!

"Penso que poderemos trabalhar muito em conjunto. Somos muito parecidos e o que funciona com ele, geralmente funciona comigo. Estamos a trabalhar na mesma direcção e isso é essencial para que sejamos uma boa equipa."

Edwards esteve em pista com um grupo de rivais de outras equipas de MotoGP e disse que a competição em pista apenas beneficia o desenvolvimento de pré-temporada de todos. "Penso que é bom. Quantos mais melhor!" sorriu.

"Quer dizer que ficamos a saber aquilo que nos espera logo desde o início. Contudo, penso que neste teste os tipos da Honda utilizarão as motos do ano passado. Pelo contrário, nós já estamos com as especificações de 2005, pelo que apenas o segundo teste poderá dar uma indicação mais clara de como está o equilíbrio."

Rossi concordou com a opinião de Edwards em relação à nova moto, depois de ele próprio ter feito já alguns progressos ao estabelecer o segundo tempo mais rápido atrás de Loris Caporossi neste primeiro dia. "Hoje não foi nada mal para primeiro dia!", disse Rossi. "Passamos a maior parte do dia a trabalhar em especificações e estou certo que esta nova moto é boa.

"Há bastante melhorias no que toca ao motor e agora o objectivo é fazer ainda mais melhorias e tentar ter o mesmo feling que tínhamos com a moto do ano passado, para que possa andar da mesma forma. Esta moto é quase que completamente nova. Além disso, já não ando de moto há mais de dois meses, pelo que há muito trabalho pela frente. Vamos continuar a trabalhar amanhã."

Davide Brivio, Team Director da Gauloises Yamaha, confirmou o potencial já demonstrado por Rossi e Edwards é o sinal do que ainda está para vir, com a Yamaha a ter planeado um intenso programa de testes para a YZR-M1.

"Em Novembro testámos um protótipo e chegámos hoje aqui com a moto final", disse Brivio. "O trabalho realizado hoje pode ser considerado de apenas normal e serviu para afinar alguns pormenores. Ainda temos 18 dias inteiros para testar antes do início da temporada, pelo que temos imenso tempo para testar tudo e encontrar um bom equilíbrio para todas as dificuldades que formos encontrando. Hoje, apenas começamos."

Tags:
MotoGP, 2005, Colin Edwards, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›