Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Capirossi mantém ritmo no segundo dia em Sepang

Capirossi mantém ritmo no segundo dia em Sepang

Capirossi mantém ritmo no segundo dia em Sepang

Loris Capirossi voltou a ser o mais rápido no segundo dia de testes de MotoGP no Circuito Internacional de Sepang, na Malásia, esta segunda-feira. O piloto da Ducati rodou em 2m01,98s, ficando apenas a um décimo da pole de Valentino Rossi no Grande Prémio de Outubro passado. E tudo no segundo teste com a Desmosedici GP5.

"É mesmo um prazer trabalhar desta forma, uma grande satisfação e um salto importante", disse Capirossi. "Tivemos muito trabalho e testámos várias afinações diferentes, confirmando que o chassis está a funcionar bem".

"Também demos um passo em frente com os Bridgestone, em particular com o frontal que está perfeito. Agora temos de nos concentrar no traseiro para nos tornarmos competitivos em corrida. Amanhã temos mais um dia muito cansativo, mas por agora estou mesmo muito contente com tudo".

Carlos Checa, companheiro de Capirossi, não rodou hoje depois de ter sido levado para o hospital ontem à noite com sintomas que podem estar relacionados com uma reacção negativa ao tratamento escolhido aquando da remoção dos pontos da lesão contraída na mão no início desta semana, mas Livio Suppo, responsável pelo projecto de MotoGP da Ducati, espera ver o piloto regressar à acção amanhã.

"Infelizmente o Carlos não se estava a sentir bem esta manhã, teve uma grande dor de cabeça e preferimos deixa-lo descansar o dia todo", explicou Suppo. "Não é nada de sério, apenas uma gripe, provavelmente devido à sua condição depois da lesão na mão que, ainda assim, está a melhorar e amanhã esperamos já poder contar com ele".

Valentino Rossi mostrou-se satisfeito com o segundo melhor tempo do dia numa altura em que também está a conhecer a sua máquina. Tanto Rossi como o seu companheiro de fábrica, Edwards, melhoraram os tempos na M1 de 2005 e testaram ainda vários pneus Michelin.

Alex Barros também trabalhou com os Michelin, testando qualquer coisa como dez frontais diferentes enquanto rumava ao quarto melhor crono do dia. Barros foi o segundo mais rápido entre os homens da Honda, logo atrás de Sete Gibernau, ficando ambos a pouca distância de Max Biaggi, que continuou a apresentar boa performance apesar de ainda sofrer os efeitos do tornozelo partido.

Depois da queda de Toni Elías ontem, quando o jovem deslocou o dedo, hoje foi a vez do seu companheiro Ruben Xaus que averbou a primeira queda na YZR-M1 esta manhã. O piloto espahol saiu ileso do acidente e fez significativos progressos nos tempos por volta de tarde depois de regressar às afinações base.

O Team Suzuki MotoGP fez as malas depois de quatro dias em Sepang, relatando progressos positivos com a mais recente evolução da GSV-R – nome de código XRE2.3 – nos primeiros testes.

Sob o olhar atento de Paul Denning, Directo Desportivo, Kenny Roberts e John Hopkins avaliaram os desenvolvimentos do motor e chassis na nova máquina e ficaram ambos impressionados com os melhoramentos tanto na potência com comportamento, com Roberts a garantir o quinto tempo.

"Depois de toda a espera é muito encorajador terminar o primeiro teste", disse Denning. "A Suzuki fez um grande trabalho com a performance do motor durante o Inverno e a assistência da Bridgestone, Motul e todos os outros parceiros foi fantástica. As coisas estão lá, só temos de rumar na direcção certa e trabalhar muito para tornar a GSV-R na melhor moto possível".

Tempos oficiosos fornecidos pelas equipas:

Loris Capirossi (Ducati): 2'01.98 (60 voltas)
Valentino Rossi (Yamaha): 2'02.16 (55)
Sete Gibernau (Honda): 2'02.2 (60)
Alex Barros: (Honda): 2'02.307 (77)
Max Biaggi (Honda): 2'02.35 (43)
Kenny Roberts (Suzuki): 2'02.38
Colin Edwards (Yamaha): 2'02.48 (62)
Nicky Hayden (Honda): 2'02.49 (81)
Troy Bayliss: (Honda) 2'03.918 (52)
Toni Elías: (Yamaha): 2'03.20 (51)
Rubén Xaus (Yamaha): 2'03.40 (62)
Marco Melandri (Honda): 2'02.70 (69)
Makoto Tamada (Honda): 2'02.69

Tags:
MotoGP, 2005, Loris Capirossi

Outras actualizações que o podem interessar ›