Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Capirossi dominador nos testes de Sepang

Capirossi dominador nos testes de Sepang

Capirossi dominador nos testes de Sepang

Loris Capirossi mostrou-se absolutamente dominador naquele que foi o primeiro teste de início da temporada de 2005 de MotoGP, ao estabelecer o melhor tempo no terceiro e último dia em Sepang. O tempo do piloto da Duacti, de 2m00,54s, foi mais de um segundo mais rápido do que o tempo da pole de Valentino Rossi no Grande Prémio que ali se realizou em Outubro e cerca de oito décimas mais rápido do que o seu mais directo perseguidor de hoje.

"Foram três dias muito positivos, em especial porque conseguimos realizar bons testes", disse Capirossi, que uma vez mais rodou sozinho no que toca à equipa Ducati Marlboro, já que o seu companheiro de equipa, Carlos Checa, esteve ausente pelo segundo dia consecutivo devido a doença.

"Trabalhámos com método no que toca à suspensão e pneus e conseguimos encontrar um bom equilíbrio. Estou muito satisfeito com as recentes inovações técnicas: o chassis, o braço oscilante e o ECU. Todo isto melhorou a Desmosedici.

"Com o desenvolvimento de pneus da Bridgestone a continuar na próxima sessão de testes aqui em Sepang. Dessa feita iremos nos concentrar no pneu traseiro, para que se deteriore ainda menos ao longo da corrida.

"Em todo o caso, não obstante os tempos que conseguimos obter, temos de continuar neste caminho e não nos deixarmos levar pelas emoções. Mas devo admitir que é muito bom sentir que somos competitivos!"

Sete Gibernau esteve hoje próximo de Capirossi depois de consolidar os progressos conseguidos ontem com a versão de 2004 da Honda RC211V. os técnicos da HRC irão agora analisar as informações recolhidas de todos os sete pilotos que estiveram em Sepang, para assim conseguirem projectar a versão de 2005, que já acompanhará a equipa no seu regresso à Malásia em Fevereiro.

A contribuição de Alex Barros para essa recolha de informação foi, hoje, muito limitada, na sequência do teste do brasileiro ter sido interrompido devido a uma estranha lesão. Barros completou dois sets de cinco voltas na parte da manhã, conseguindo um tempo de 2m01,90s. Depois parou nas boxes e ficou sentado ao lado de uma ventoinha numa tentativa de arrefecer. Contudo, a repentina mudança de temperatura, fez com que o seu pescoço inchasse e nem mesmo as massagens ou comprimidos o conseguiram fazer voltar à pista.

Toni Elias também deixa a Malásia com uma pequena lesão. Depois de ter sido observado no hospital de Subang na noite passado, o diagnóstico apontou para uma fractura do dedo na sequência de um acidente no domingo. Contudo, o jovem espanhol superou as dores e completou 51 voltas hoje, conseguindo um tempo de 2m02,8s, apenas 1.5 segundos mais lento do que o actual Campeão do Mundo, Valentino Rossi. Isto apesar de nunca ter pilotado uma Yamaha M1 neste circuito antes.

O companheiro de equipa de Elias, Ruben Xaus, irá também sentir algum desconforto na viagem para casa amanhã, já que padece de uma série de bolhas que são resultado da pressão do seu corpo contra a M1. Uma situação que a equipa Fortuna Yamaha terá de rever no futuro.

Tempos por volta oficiosos:

Loris Capirossi (Ducati): 2'00.54
Sete Gibernau (Honda): 2'01.325 (61)
Valentino Rossi (Yamaha): 2'01.36 (45)
Nicky Hayden (Honda): 2'01.68 (99)
Alex Barros (Honda): 2'01.90 (10)
Max Biaggi (Honda): 2'01.91 (83)
Colin Edwards (Yamaha): 2'01.93 (43)
Marco Melandri (Honda): 2'02.1 (66)
Troy Bayliss (Honda): 2'02.69 (67)
Shinya Nakano (Kawasaki): 2'02.7 (34)
Toni Elías (Yamaha); 2'02.80 (51)
Makoto Tamada (Honda): 2'02.8 (73)
Alex Hofmann (Kawasaki): 2'03.7 (48)
Rubén Xaus (Yamaha): 2'04.00 (52).

Tags:
MotoGP, 2005

Outras actualizações que o podem interessar ›