Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Tamada conclui teste de Sepang em primeiro

Tamada conclui teste de Sepang em primeiro

Tamada conclui teste de Sepang em primeiro

Makoto Tamada terminou um positivo primeiro testes com a versão de 2005 da RC211V da Honda, ao estabelecer o melhor tempo no terceiro e último dia de testes em Sepang, este domingo.

Tamada, ainda no início da sua adaptação da troca de pneus Bridgestone por Michelin, provou ser um sério candidato ao título de Valentino Rossi no Campeonato do Mundo de MotoGP, ao realizar um impressionante tempo de 2m00,955s, o único piloto a baixar da marca de 2m01s.

"Hoje conseguimos excelentes resultados e isso faz com que me sinta muito satisfeito com o trabalho que fizemos neste primeiro testes com a nova Honda RC211V", disse Tamada, que terminou a sessão com uma simulação de corrida.

"A minha condição física está melhor e isso permitiu-me ser mais agressivo em pista e ser o piloto mais rápido. Este teste, apenas confirma que seremos protagonistas na temporada que está prestes a começar. E esse é o nosso objectivo.

"A equipa está inteiramente dedicada a mim, pelo que estou certo que conseguiremos encontrar uma boa afinação para cada circuito do calendário de 2005, o mais cedo possível. Agora vamos para o difícil circuito de Phillip Island na Austrália para mais três dias de testes, o que deverá ser um bom teste para a temporada."

A estrela japonesa não foi o único piloto a completar uma simulação de corrida hoje, já que a maioria dos seus rivais em MotoGP realizaram igualmente séries de 21 voltas. Max Biaggi foi o segundo mais rápido, continuando a recuperar da melhor forma de um tornozelo partido e dando aos engenheiros da HRC valiosa informação para que estes consigam montar uma moto que consiga destronar Valentino Rossi e a Yamaha já em 2005.

Rossi regressou à pista hoje depois de falhar a sessão de ontem devido a doença e foi o mais rápido entre os homens que não tripulam Honda, registando o quarto melhor tempo atrás de Alex barros e Sete Gibernau.

Gibernau regressou à box depois de uma simulação de corrida para realizar algumas pequenas alterações e saiu para mais oito voltas. Imediatamente melhorou os seus tempos, tendo terminado a sessão em alta progressiva. Marco Melandri, colega de equipa do espanhol, também deixa a Malásia optimista ao realizar um tempo a apenas dois décimos de segundo do segundo lugar do ano passado.

Loris Capirosse também terminou o teste mais cedo devido a doença, mas ainda conseguiu realizar 42 voltas durante a manhã, registando um tempo de 2m01,452s. O seu colega de equipa na Ducati, Carlos Checa, continuou a sua adaptação à Desmosedici ao realizar 22 voltas com o novo pneus traseiro de corrida da Bridgestone e registando um melhor tempo de 2m01.844s.

Entretanto, os ex Campeões de Superbikes, Colin Edwards e Troy Bayliss continuaram a sua lutar por se adaptarem depois de ambos terem trocado de moto no Inverno. Enquanto que Edwards ficou com a Yamaha de Checa, Bayliss deixou um lugar livre na Ducati para o espanhol e mudou-se para a Honda, onde ainda não conseguiu encontrar uma boa base de trabalho no que toca a afinações da RC211V. Com isso, foi o homem mais lento em pista hoje.

O seu ex rival nas WSBK, Ruben Xaus, também sentiu problemas ao falhar os dois últimos dias de testes devido a bolhas no corpo causadas pelo raspar da YZR-M1. O seu colega de equipa, Toni Elias, contudo, foi capaz de realizar uma simulação de corrida, tendo registado o 13º melhor tempo.

Por seu turno, a Kawasaki confirmou que as novas especificações da Ninja ZX-RR que utilizou pela primeira vez em Sepang é uma grande evolução da anterior máquina. Shinya Nakano liderou um intensivo programa de avaliação nestes dois dias, à medida que os engenheiros da Kawasaki recolhiam dados necessários para os próximos testes no que toca ao desenvolvimento do motor.

Esse desenvolvimento continuará agora no Japão, com Nakano e o seu colega de equipa na Kawasaki, Alex Hofmann, a testarem uma versão revista do motor em Jerez no final de Fevereiro.

A maioria dos rivais da Kawasaki em MotoGP, dirigem-se agora para o circuito de Phillip Island na Austrália para realizarem mais testes a 17, 18 e 19 de Fevereiro.

Tempos por volta oficiosos:

1. Makoto Tamada – Konica Minolta Honda : 2'00.955 (64)
2. Max Biaggi – Repsol Honda : 2'01.015 (78)
3. Alex Barros – Camel Honda : 2'01.159 (61)
4. Valentino Rossi – Gauloises Yamaha : 2'01.275
5. Sete Gibernau – Telefonica Movistar Honda : 2'01.373
6. Nicky Hayden – Repsol Honda : 2'01.385 (85)
7. Loris Capirossi – Ducati Marlboro : 2'01.452 (42)
8. Marco Melandri – Telefonica Movistar Honda : 2'01.506
9. Colin Edwards – Gauloises Yamaha : 2'01.641 (38)
10. Carlos Checa – Ducati Marlboro : 2'01.844 (77)
11. Shinichi Itoh – Ducati-Bridgestone TTT : 2'02.907 (43)
12. Shinya Nakano – Kawasaki : 2'03.571 (53)
13. Toni Elias – Fortuna Yamaha : 2'03.600
14. Troy Bayliss - Camel Honda : 2'03.729 (62).

Tags:
MotoGP, 2005

Outras actualizações que o podem interessar ›