Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ducati e Bridgestone avançam para nova pista

Ducati e Bridgestone avançam para nova pista

Ducati e Bridgestone avançam para nova pista

As temperaturas de primavera que se fizeram sentir esta quinta-feira em Phillip Island permitiram que os piloto da Ducati Marlboro Team, Loris Capirossi e Carlos Checa, tivessem uma oportunidade ideal para afinarem a Desmosedici GP5 e amealharem um considerável número de quilómetros neste circuito muito técnico, com os novos pneus da Bridgestone.

Hoje, os engenheiros da Ducati debruçaram-se essencialmente na afinação das suspensões e outras tantas soluções que já haviam sido testadas anteriormente foram novamente utilizadas tendo como objectivo preparar o dia de amanhã, quando o trabalho focar em especial o desenvolvimento dos pneus.

Checa completou 89 voltas, registando um melhor tempo de 1m30,69s. O espanhol experimentou diferentes afinações a mostrou-se satisfeito com a maneabilidade da sua Desmosedici.

"Sim, consegui sentir-me confortável com a moto hoje, mas ainda temos muito trabalho pela frente", admitiu Checa. "Se o tempo de mantiver assim amanhã, conseguiremos testar os pneus traseiros em excelentes condições."

Capirossi conseguir deixar a gripe que o assolava na Malásia e regressou à pista determinado a aproveitar ao máximo esta penúltima sessão de testes de Inverno. O italiano totalizou 78 voltas, terminando o dia com um melhor tempo de 1m30,81s.

"Estou muito melhor agora e sabe bem voltar à pista", afirmou. "Quero utilizar cada minuto destes testes para continuar o desenvolvimento da moto. Hoje, focamos a nossa atenção na afinação da suspensão. Trabalhámos bem e conseguimos cimentar um ponto de partida para os próximos dois dias que aqui estaremos."

Tags:
MotoGP, 2005

Outras actualizações que o podem interessar ›