Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi bate contra gaivota

Rossi bate contra gaivota

Rossi bate contra gaivota

Valentino Rossi teve um segundo dia de testes em Phillip Island algo excitante na sexta-feira, apesar de nada ter a ver com o tempo recorde estabelecido pelo seu rival da Honda Sete Gibernau.

O Campeão do Mundo em título bateu numa gaivota à saída do pit lane e foi forçado a retirar todas as penas da sua moto antes de regressar à pista e completar mais um dia de positivos progressos com a versão 2005 da YZR-M1.

"Bati numa gaivota à saída do pit lane hoje e ele ficou alojada na airbox; acabou por cair a meio da volta que tive de fazer para regressar à box, onde tiveram ainda de retirar algumas penas!" explicou Rossi. "Gostava apenas de dizer que tenho muita pena do pássaro!"

"Fizemos muito trabalho de pneus hoje e também uma longa tirada, com a qual fiquei muito satisfeito. Fiz algumas voltas rápidas, o que foi um progresso face a Outubro passado".

"Ainda necessitamos de fazer algumas alterações às afinações de chassis, porque algumas coisas ainda não estão perfeitas. É algo em que nos vamos concentrar amanhã".

"Houve pilotos que foram muito rápidos hoje rodando abaixo do segundo 30; não o consegui, mas talvez possamos fazer alguns pequenos progressos amanhã. Vamos ver!"

Rossi também revelou o seu desapontamento quanto ao cancelamento do Grande Prémio do Rio, prova onde sofreu uma queda no ano passado, mas em relação à qual guarda boas memórias pois foi neste traçado que conquistou o segundo título de MotoGP em 2002.

"Há muita gente a falar do cancelamento do Grande Prémio do Rio este ano e tenho pena de não voltar lá porque não consegui terminar a corrida do ano passado e seria bom concluir com nota positiva".

Colin Edwards, colega de equipa de Rossi e que completou a corrida de Outubro na austrália em 4º lugar, efectuou 78 voltas tendo como melhor tempo a marca de 1m30,60s, uma fracção de segundo mais rápido que o seu crono de qualificação para a mesma prova.

"Continuámos a trabalhar na afinação da moto e encontrámos algumas melhorias positivas e soluções para alguns problemas", disse Edwards. "Vamos continuar amanhã".

"Fiz uma tirada longa e também testei pneus; creio que fizemos bom trabalho com a Michelin durante este teste".

"Amanhã vamos terminar o que começámos e espero que sejamos capazes de terminar em alta. Estou desejoso por algum descanso antes do próximo teste!"

Davide Brivio, Director Desportivo da Gauloises Yamaha Team, acrescentou: "Os pilotos fizeram longas tiradas e efectuaram muitas voltas hoje. Fizemos muito mais trabalho para a Michelin, o que é muito importante neste momento".

"Amanhã vamos concluir as nossas actividades neste testes e estamos satisfeitos com o que conseguimos até agora. Contudo, será bom voltar dentro de duas semanas para continuar o trabalho de pré época".

Tags:
MotoGP, 2005, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›