Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden vê luz ao fundo do túnel

Hayden vê luz ao fundo do túnel

Hayden vê luz ao fundo do túnel

Nicky Hayden insiste que ainda tem muito trabalho pela frente com a versão 2005 da Honda RC211V antes do início da época, mas admite ter dado grande passo em frente nos recentes testes de Phillip Island.

Hayden foi o melhor entre os Homens da Honda nos três dias ao rodar em 1m29,780s, sendo apenas batido pelo Campeão do Mundo Valentino Rossi e completando uma simulação de corrida 28 segundos mais rápida que a sua prestação no Grande Prémio de Outubro passado.

Depois de uma maratona de 106 voltas no último dia, Hayden mostrou-se satisfeito com a sua performance e já só espera pela próxima sessão de testes no Qatar em pouco mais de uma semana.

"Foi o melhor dia dos testes para mim. Dei-me bem, fiz uma longa tirada e vi melhor onde temos de melhorar, tanto eu como a moto", disse Hayden.

"Snti-me bem e demos positivos passos em frente, além disso, o tempo total de corrida que fiz foi 28 segundos mais rápido que o que havia feito no Grande Prémio em Outubro. Por isso estou bastante satisfeito, mas ainda não chega".

"Vamos registar o que apreendemos aqui e melhorar no Qatar. Testei duas opções de chassis que temos e aprendemos muito sobre as diferenças dos dois, mas de forma geral senti mais consistência hoje".

"Ainda somos uma equipa nova, mas a atmosfera é boa e estamos a dar-nos bem".

Max Biaggi, colega de equipa de Hayden na Repsol Honda, trabalhou ainda mais arduamente no derradeiro dia de testes, efectuando 120 voltas enquanto levava a cabo extenso programa de testes de pneus para a Michelin. No final do dia Biaggi estava perto da exaustão, mas revelou-se satisfeito com os resultados dos testes e com a performance da sua nova equipa técnica.

"Depois de tantas voltas estou um bocado cansado, mas queria dar à Michelin toda a informação de que necessitavam em relação aos pneus que me pediram para testar. Mas a verdade é que já rezava para ver a luz vermelha no pit lane a indicar o final dos testes hoje!" disse Biaggi que teve como melhor maca o tempo de 1m29,880s.

"Houve alturas em que senti algumas dificuldades porque caiu alguma chuva, o que prejudicou um pouco a nossa confiança, em particular na rápida curva Um. De forma geral foi um bom teste e confirmámos o que sentíamos e que estamos na direcção certa com a afinação da moto depois dos testes de Sepang na semana passada".

"Sabemos que há areas que precisam de melhorar e temos três testes em Março para o fazermos".

Makoto Tanaka, Director Desportivo da Repsol Honda, acrescentou: "Foram três bons dias de testes em Phillip Island. O Max fez muitas voltas, mas foi bom ter testados os pneus para a Michelin".

"O Nicky teve hoje um bom dia e descobriu algumas áreas de afinação que melhoraram a sua performance. Sabemos que ainda temos muito trabalho pela frente e vamos continuar a esforçar-nos para melhorarmos a máquina nos próximos testes do Qatar e de Espanha".

Tags:
MotoGP, 2005, Nicky Hayden

Outras actualizações que o podem interessar ›