Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Biaggi lidera ataque da Honda no primeiro dia de Testes Oficiais de MotoGP

Biaggi lidera ataque da Honda no primeiro dia de Testes Oficiais de MotoGP

Biaggi lidera ataque da Honda no primeiro dia de Testes Oficiais de MotoGP

Max Biaggi terminou a sua primeira aparição oficial como parte da formação de fábrica da HRC de 2005 com o tempo mais rápido no dia de abertura dos Testes Oficiais de MotoGP na Catalunha, nesta sexta-feira. Biaggi liderou o ataque da Honda ao topo das tabela de tempos, onde os quatro mais rápidos eram pilotos aos comandos da versão 2005 da RC211V. Valentino Rossi, Campeão do Mundo em título, foi o quinto com a Yamaha, tendo-se queixado de problemas de afinação na nova YZR-M1.

"Trabalhámos todo o dia para encontrar a afinação correcta para esta pista", disse Biaggi, que destronou Sete Gibernau do primeiro posto na derradeira volta, já com o cair da bandeira de xadrez. "Testámos novos pneus frontais, mas basicamente a moto é a mesma. Amanhã vamos utilizar novos componentes, principalmente suspensões, para tornar a moto mais fácil de pilotar em curva".

Gibernau foi o segundo melhor piloto num traçado que considera como sua casa e depois de ter dominado durante quase todo o dia. O colega de equipa de Gibernau, Marco Melandri, a preparar-se para a primeira temporada na categoria rainha aos serviços da Honda, continuou a apresentar-se em boa forma depois dos mais recentes testes da fábrica levados a cabo no Qatar na semana passada e terminou com o quarto crono, isto apesar de ter liderado as tabelas nos momentos finais do teste.

Rossi começou oficialmente a defesa do título de forma relativamente discreta, mas com dois dias completos de testes pela frente, os seus rivais sabem que não podem descansar. Colin Edwards, que também espera alcançar os homens da frentes depois de ter deixado a Honda este Inverno, concluiu o dia em sexto.

Com Alex Barros a reclamar o sétimo tempo, Loris Capirossi foi o primeiro piloto não Honda, nem Yamaha, com a oitava marca. O homem da Ducati ficou a menos de um segundo de Biaggi, contudo, e depois de um encorajador dia de abertura para a Desmosedici GP5, espera repetir o feito de há dois anos e vencer o Prémio BMW.

A edição 2005 do Prémio BMW, que oferecerá um BMW série 1 ao piloto mais rápido ao cabo da sessão de 40 minutos cronometrados, tem lugar no último dia de testes, domingo, a partir das 14 horas. Entretanto, os teste prossegue com mais uma sessão de oito horas no sábado entre as 10 e as 18 horas.

Tags:
MotoGP, 2005, Max Biaggi

Outras actualizações que o podem interessar ›