Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi procura um bom resultado na Catalunha

Rossi procura um bom resultado na Catalunha

Rossi procura um bom resultado na Catalunha

Sete dias após deixar o circuito de Phillip Island na Austrália, onde teve lugar a última sessão de testes, a Gauloises Yamaha Team continuou hoje, primeiro dia dos testes oficiais de MotoGP, o seu intenso programa de desenvolvimento de pré-temporada no circuito da Catalunha, em Espanha. Valentino Rossi e Colin Edwards tiraram vantagem do sol que brilhava e temperaturas ambientes ideais (23ºC) para avaliar o desempenho da versão de 2005 das YZR-M1, já decoradas com as cores da equipa.

Depois de já terem testado em Sepang e Phillip Island este ano, o circuito da Catalunha representa um novo desafio para pilotos e máquinas. A grande variedade de curvas da pista espanhola, com um novo tapete e uma recta de 1047m, uma das mais longas do calendário do Campeonato do Mundo de MotoGP, permite à equipa desenvolver a moto.

Hoje, Rossi e Edwards trabalharam para encontrar uma boa afinação de base para as suas novas máquinas Mas foram, consistentemente, entre os mais rápidos em pista, tendo terminado o dia com o quinto e sexto melhor tempos, respectivamente.

"Estávamos a sentir alguns problemas para encontrarmos a afinação certa e não sinto que tenha conseguido ainda a melhor afinação, em especial na frente," disse Rossi, que rodou a sua melhor volta em 1m43,518s. "Espero amanhã podermos estar melhor, mas necessitamos encontrar uma solução para o problema."

"Também temos de trabalhar no desempenho do motor nos próximos dois dias e tentar perceber o que está errado. De todas as formas, estou confiante que a equipa consiga encontrar o caminho certo e temos dois dias para lá chegar."

Colin Edwards mostrou-se satisfeito com o seu primeiro dia de testes em Espanha, depois de realizar um melhor tempo de 1m43,882s.
"A Catalunha é um tipo de circuito muito diferente de Phillip Island e fomos capazes de avaliar coisas diferentes com a nova moto, ainda que o material actual seja o mesmo que tivemos nos testes anteriores," disse o Americano.

"A longa recta mostrou que somos provavelmente um pouco mais lento em velocidade de ponta neste momento mas compensamos em todos os outros pontos do circuito, daí que esteja bastante satisfeito como o modo como as coisas estão a correr. A aderência não é melhor neste momento devido à nova superfície. Penso que na altura da corrida em Junho, essa situação já esteja resolvida."

Os testes oficiais de MotoGP continuam até domingo, altura em que Rossi esperará repetir o sucesso do ano passado no BMW Award, para tal, precisa de ser o piloto mais rápido numa sessão transmitida pela TV. O prémio é um BMW Série 1.

Tags:
MotoGP, 2005, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›