Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Kawasaki espera mais do "big bang" em Jerez

Kawasaki espera mais do 'big bang' em Jerez

Kawasaki espera mais do "big bang" em Jerez

A Kawasaki deu outro passo em frente com vista a aumentar a sua competitividade técnica para esta temporada, ao introduzir o motor "big bang", na sessão de testes da Catalunha, na passada semana.

"Após dois anos e meio a utilizar o motor 'screamer' da Kawasaki em testes e corridas, fiquei muito contente quando hoje, tive a oportunidade de experimentar o motor ‘big bang'," disse o piloto Alex Hofmann no domingo. "Este é o conceito a seguir, já que torna mais fácil realizar bons tempos de forma consistente. Foi muito motivante para mim, hoje poder fazer as alterações, mas tornou-se igualmente óbvio que os nossos rivais não estão a dormir. Neste momento, faltará ao ‘big bang' potência em aceleração, mas estou certo que isso virá com o continuar do desenvolvimento, explicou o alemão, que, no papel, não deveria testar o "big bang" até à próxima sessão de testes em Jerez.

O director da equipa, Harald Eckl sabe que o relógio não pára, mas mostra-se satisfeito com os resultados já conseguidos pela Kawasaki. "Mesmo sabendo que o programa de desenvolvimento da ‘big bang' está mais atrasado do que prevíamos, este resultado mostra que melhorámos significativamente em termos de desempenho de motor. A Ninja ZX-RR diminuiu a desvantagem para o grupo da frente e contamos evoluir ainda mais nos testes da próxima semana em Jerez. No gera, estou satisfeito com os progressos nesta altura, e estou confiante que há ainda muito a retirar deste novo motor da Ninja ZX-RR", disse Eckl.

Shinya Nakano encabeça o projecto "big bang" tendo concluído os testes da passada semana com um sensação agridoce quando comparados os tempos. "Estou um pouco desapontado. Esforcei-me muito por conseguir este tempo e isto foi o máximo que era possível conseguir hoje. O novo motor ‘big bang' é o caminho certo, mas é obvio que ainda temos muito trabalho pela frente, em especial no que toca à entrada das curvas e estabilidade com o sistema de travagem do motor. A Ninja ZX-RR de 2005 é melhor do que a do ano passado, Mas toda a gente está a andar muito rápido neste momento".

Tags:
MotoGP, 2005, Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›