Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Checa forçado a ficar de fora em Jerez

Checa forçado a ficar de fora em Jerez

Checa forçado a ficar de fora em Jerez

O ombro esquerdo deslocado fez com que Carlos Checa tenha de ficar de fora no segundo e derradeiro teste oficial de MotoGP em Jerez de la Frontera. As consequências da queda de Carlos Checa no sábado, dia 19 de Março, durante a última sessão de testes em Barcelona são mais graves do que se pensava inicialmente. O que parecia ser uma nódoa negra no ombro esquerdo está agora a afectar o fim dos testes de pré época do piloto da Ducati Marlboro, que será obrigado a descansar mais uns dias.

Apesar do intenso programa de fisioterapia, o piloto espanhol, que esteve ausente na última sessão dos testes de Barcelona pelo mesmo motivo, não estará fisicamente apto para os próximos testes oficiais marcados para 25 a 27 de Março em Jerez.

A equipa médica do hospital Deux eus, em Barcelona, efectuou um scan MRI a Checa para avaliar o estado da sua lesão actual e verificou a existência de evidências que apontam para a deslocação do ombro esquerdo.

O relatório medico recomenda um período de descanso de pelo menos duas semanas durante as quais o piloto espanhol continuará com fisioterapia a que já deu início no centro de fitness C.A.R. em S. Cugat.

"Tenho muita pena de não poder alinhar na última sessão de testes antes do arranque do campeonato. Queria testar na pista que vai ser palco da primeira prova da temporada, mas os médicos desaconselharam-me e prefiro não correr a fazer com que as coisas fiquem piores", declarou Carlos Checa. "A perna não me está a dar problemas, mas o ombro ainda não está bom: quando está em descanso não me dói, mas assim que o movo a história é bem diferente".

"Felizmente em Novembro fizemos uns testes em Jerez e com resultados positivos. É alguma consolação. Vou continuar com a fisioterapia todos os dias porque quero estar a 100% a 10 de Abril".

Em resultado disto, Loris Capirossi será o único piloto da ducati Marlboro a alinhar no derradeiro teste de Inverno e a levar a cabo o desenvolvimento da Desmosedici GP5 e dos pneus Bridgestone com vista ao primeiro Grande Prémio. O piloto de testes Vittoriano Guareschi e a Development Team também estarão presentes em Jerez.

Tags:
MotoGP, 2005, Carlos Checa

Outras actualizações que o podem interessar ›